PMJP orienta população no Dia Nacional de Combate à Hipertensão

Por - em 60

“Isso é muito bom e devia ter todo mês. O prefeito está de parabéns”, disse o advogado aposentado George de França, morador de Manaíra, que participou da ação educativa alusiva ao Dia Nacional de Combate e Controle à Hipertensão, na manhã desta quinta-feira (26), no Ponto de Cem Réis, promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

O advogado fez a verificação da pressão arterial, um dos serviços disponibilizados na ação, que também estava oferecendo orientação nutricional e sobre atividade física, tabagismo, diabetes, além de massagem, acupuntura, apoio psicológico e ainda contou com a participação do Núcleo de Práticas Integrativas, do Projeto João Pessoa Vida Saudável, e vários parceiros.

Quem também aproveitou a ação da PMJP para verificar a pressão arterial foi a professora Edileusa da Silva Santos, que é moradora de Bayeux, Grande João Pessoa. Ela já foi diagnosticada com a doença e fez tratamento. “Por três ou quatro vezes minha pressão ficou alta e fui parar no hospital. Tenho a recomendação de tomar medicação, em dias alternados, tomei e ela não voltou a ficar elevada. Agora vou aproveitar e verificar, pois tenho sentido dor de cabeça e moleza no corpo”, contou, elogiando a ação. “Esse tipo de campanha é bem eficiente”, disse Edileusa da Silva.

Já o aposentado Gilmar Antônio dos Santos, morador de Cabedelo, Grande João Pessoa, também estava passando pelo Ponto de Cem Réis e aproveitou para participar da ação. “Essa ação é ótima”, disse. Opinião compartilhada pelo vigilante Geraldo Francisco Duarte, morador de Bayeux. “Essa ação é ótima para quem sempre passa por aqui. Um atendimento desses é difícil de encontrar e vai contribuir muito para toda a população”, ressaltou.

Segundo a técnica da Área Temática Hipertensão e Diabetes da SMS, Clécia Oliveira, a ação teve como principal função alertar a população sobre a importância de prevenir e controlar a doença. “A hipertensão é uma doença silenciosa, que, geralmente, não apresenta sintomas. Aqui estamos verificando a pressão e as pessoas que estão com a pressão elevada são orientadas a procurar uma Unidade de Saúde da Família perto de casa para ter acompanhamento multiprofissional, fazer o diagnóstico e, se positivo, fazer o tratamento adequado”, detalhou Clécia Oliveira.

Fatores de risco – Além do fator genético, a má alimentação, muito sal na comida, tabagismo, consumo exagerado de álcool e sedentarismo são fatores de risco para uma pessoa se tornar hipertensa. Levantamento feito pelo Ministério da Saúde aponta que, em 2010, 23,3% da população adulta sofria de pressão alta. Segundo cadastro de pacientes da Atenção Básica de Saúde no Hiperdia, em João Pessoa, cerca de 59 mil pessoas recebem acompanhamento contra a hipertensão.

Na rede municipal de Saúde, os pacientes são acompanhados em três esperas de atenção. Na atenção básica, recebem a avaliação clínica e os medicamentos sem custo. Nos Centros de Especialidades (Cais e Caisi), são atendidos por especialistas em angiologia, cardiologia, fisioterapeuta, nutricionista e endocrinologista.  Para os casos de urgência, o Complexo Hospitalar de Mangabeira é responsável por atender essa demanda.

O QUE É HIPERTENSÃO

É quando a pressão que o sangue faz na parede das artérias para se movimentar é muito forte, ficando o valor igual ou maior que 140/90 mmhg ou 14 por 9.

SINTOMAS

  • Dores de cabeça
  • Palpitações
  • Tonturas
  • Náuseas
  • Mal-estar
  • Sangramento pelo nariz
  • Falta de ar

PREVENÇÃO

  • Evite ficar parado
  • Diminua o sal da comida
  • Evite estresse
  • Diminua ou abandone o consumo de bebidas alcoólicas
  • Evite fumar
  • Tenha uma alimentação saudável
  • Controle seu peso