PMJP participa de ato pelo fim da violência contra a mulher

Por - em 30

A Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) participou na manhã desta quarta-feira (11) da “Mobilização Permanente pelo Fim da Violência contra as Mulheres na Paraíba”. A ação é uma iniciativa do movimento de mulheres e dos organismos de políticas públicas para mulheres, que vão à rua todo dia 11 para protestar contra a violência de gênero.

Este mês a atividade aconteceu no bairro do Jardim Veneza, em virtude do aumento do número de mulheres mortas naquela comunidade. “A Casa Renasce Companheira recebe, quase que diariamente, mulheres em situação de violência que, por medo, não denunciam seus agressores. Estamos clamando às autoridades que olhem para nossas mulheres e façam alguma coisa por nós”, afirmou a educadora social da Organização Não Governamental Casa da Mulher Renasce Companheira, Valdenice Silvino, do Jardim Veneza.

O objetivo da mobilização é chamar a atenção da população e das autoridades para a efetivação e cumprimento da Lei Maria da Penha. “Iremos de rua em rua manifestar nossa indignação. É impossível viver em uma sociedade com tanta violência. Essa problemática não é apenas das mulheres, mas de toda sociedade”, acrescentou a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e da União Brasileira de Mulheres, Lourdes Meira,.

Magda Kelly, que é moradora do Jardim Veneza há 20 anos, teve a irmã assassinada por um homem que dizia ser amigo da família. “Minha irmã foi estuprada e estrangulada por nosso vizinho, uma pessoa que transitava em nossa casa e tinha toda confiança da família. Hoje ele está preso, mas a sensação de insegurança continua. Tenho medo de sair nas ruas”, comentou a moradora.

As mulheres saíram em caminhada pelas ruas do bairro pedindo a criação de Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar e de Casas Abrigos, como cumprimento da Lei nº 11.340 (Lei Maria da Penha) que foi sancionada em agosto de 2009 pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva.