PMJP prepara programação de apoio do Samu para período de carnaval

Por - em 173

Para que os foliões possam brincar com mais tranquilidade durante os festejos de carnaval em João Pessoa, a Prefeitura Municipal organizou uma programação especial para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Um total de 25 equipes está em alerta de 10 a 15 de fevereiro e cerca de um milhão de preservativos serão distribuídos nos blocos.

De acordo com o coordenador geral do Samu, Cláudio Teixeira, as equipes serão distribuídas conforme o maior quantitativo de foliões nos blocos. “É importante frisar que as equipes que estarão de plantão são profissionais adicionais, em adição ao atendimento diário do serviço”, explicou.

Médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, condutores socorristas e coordenações integram as equipes, que contarão com 12 ambulâncias equipadas com unidade de suporte básico e sete motolâncias.

O Samu reforçou o contingente para os dias 12 e 15, nas Virgens de Tambaú e nas Muriçocas de Miramar. Apenas nestes dois dias serão 96 profissionais atuando, com um adicional de três postos fixos, instalados no Posto 99, no Pão de Açúcar e Sub-Prefeitura, na Avenida Epitácio Pessoa.

“Nas Virgens e nas Muriçocas teremos cinco ambulâncias e sete motolâncias, além de três carros de apoio para dar suporte à população. Devido aos eventos serem de grande quantitativo de pessoas, a possibilidade de ocorrer alguma urgência é maior e por isso estaremos contando com estas equipes para que o atendimento seja feito no próprio local. Cada tenda dessas terá um médico de plantão com equipe de enfermagem. Qualquer problema é importante se direcionar ao posto”, orientou Cláudio.

Preservativos – Além das equipes do Samu, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estará distribuindo cerca de um milhão de preservativos. Destes, 500 mil serão entregues à população nos blocos e os demais nas Unidades de Saúde. “Vamos distribuir 500 mil preservativos em todos os blocos. Além dos blocos, as unidades de saúde irão fazer prevenção. O Consultório na Rua fará também este serviço de conscientização com os moradores de rua e travestis. Essa ação teve início no ano passado e irá até março”, explicou Roberto Maia, chefe do Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/Aids.

Roberto ressaltou que o cuidado com a Aids deve se estender além do carnaval. “É importante realizarmos o diagnóstico precoce com teste rápido nas Unidades de Saúde da Família cadastradas ou no próprio CTA, em Jaguaribe. No carnaval, a população fica mais vulnerável. Por isso temos que tentar reduzir os danos do álcool e estimular o uso do preservativo na hora de uma relação sexual com vulnerabilidade. Os preservativos serão distribuídos perto do Samu”, explicou.