PMJP programa entrega de dez estações elevatórias para janeiro

Por - em 35

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está programando para janeiro próximo a entrega das dez estações elevatórias que vão beneficiar cerca de 60 mil moradores de diferentes bairros da Capital. A obra está em fase de conclusão, ou seja, na montagem das bombas e construção dos emissários. O investimento total é de R$ 4,3 milhões, oriundos de recursos próprios, além de parcerias como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS), Caixa Econômica Federal (CEF).

De acordo com Rodrigo Marques, diretor de obras da Secretaria de Infra-estrutura (Seinfra), do conjunto de ações, três estão sendo construídas e as demais recuperadas ou concluídas, como ficou acordo em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o governo municipal, Ministério Público e Cagepa.

As construções estão acontecendo nas comunidades Jardim Mangueira, Porto de João Tota (Mandacaru) e Três Lagoas. As restantes estão distribuídas da seguinte forma: uma no bairro Alto do Mateus, quatro na Ilha do Bispo e duas nos Novaes. “Estas obras foram iniciadas na gestão passada, porém não foram finalizadas. Então ficou acordado com o Ministério Público e Cagepa que a prefeitura concluiria assim que conseguisse os recursos para tanto”, explicou Rodrigo.

Nas obras de construção das três estações elevatória estão sendo investidos R$ 3,5 milhões, oriundos da parceria com o BNDS e CEF. Já o valor financeiro da recuperação das outras sete vem de recursos próprios da PMJP e ficou em torno de R$ 800 mil. Esta parte do serviço engloba a recuperação física do prédio, substituição da rede elétrica e hidráulica, além da instalação dos geradores de força.

As estações elevatórias são responsáveis pelo recolhimento dos dejetos da rede coletora, que em seguida destina tudo para a estação de tratamento.