PMJP promove curso de teatro que aborda temáticas de saúde

Por - em 53

Trabalhar com a temática da saúde através do teatro é a meta do curso que será realizado a partir desta terça-feira (1º) na academia de ginástica do Centro de Testagem Aconselhamento Municipal (CTA), no bairro de Jaguaribe, no prédio do Centro de Cidadania, Ação e Interação Solidária (Cais). A ação, que terá a duração de quatro meses, é uma promoção da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da chefia do CTA e seção de DST/Aids, e é destinada a servidores municipais de saúde, da educação e movimento social organizado.
           
O chefe da seção DST/Aids, Roberto Maia, informou que o curso irá abordar a sexualidade, gênero, DST/Aids e assistência às pessoas vivendo com HIV/AIDS, além de  desenvolver novas tecnologias para formação de multiplicadores para atuarem nas comunidades e nas escolas municipais da Capital. “O projeto visa valorizar a atuação do servidor de saúde no campo das artes cênicas, levando ao público informações importantes para que este possa refletir em torno de uma vida mais saudável. Antes, essas informações eram colocadas através de palestras ou em rodas de conversas”, enfatizou Roberto.

As turmas serão formadas pela manhã, das 8h às 12h, e à tarde, das 13h às 17h. As informações podem ser obtidas pelos telefones 8600.0094, 8751.7340 ou 3214.6091. A expectativa é que cerca de 25 servidores, por turma, participem do curso. Hoje o CTA trabalha com oito grupos de teatro, sendo quatro já existentes: o Cidadãs Posithivas, a Apros – Associação das Profissionais do Sexo da Paraíba, o Grupo de Teatro do CTA e o Grupo de Teatro da Amazona – Associação de Prevenção a Aids.

No ano passado foi realizada a primeira versão do curso de teatro para profissionais de saúde, quando foram formados os quatro grupos de teatro que trabalham a prevenção as DST/Aids e sobre a temática de saúde mental. “Esses grupos formados em 2010 se apresentaram no Teatro Ednaldo do Egypto e em 2011 irão realizar ações de prevenção nas comunidades de João Pessoa”, assinalou Roberto Maia.