PMJP promove Dia de Luta das Pessoas com Deficiência

Por - em 45

O mês de setembro vai ser repleto de eventos para os 922 usuários do Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoas com Deficiência da Prefeitura de João Pessoa (PMJP). É que no próximo dia 21 será comemorado em todo o País, o Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Deficiência e o Centro está realizando uma série de atividades alusivas à data.

Os eventos começaram na tarde da última segunda-feira (14) com a realização de um curso básico de Libras, que foi ministrado aos funcionários do Centro de Testagem e Acompanhamento às Doenças Sexualmente Transmissíveis (CTA/DST), situado no Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) de Jaguaribe.

Nesta quinta-feira (17) e sexta-feira (18), das 13h30 às 17h, no auditório da Casa dos Conselhos, será ministrada uma oficina sobre sexualidade e DST/Aids para surdos. O dia 21 será destinado a realização de uma oficina de beleza, no Senac, das 14h às 17h, com cortes de cabelo feminino e masculino. No dia 22, a Câmara Municipal de João Pessoa fará uma sessão especial sobre o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, proposta pela vereadora Sandra Marrocos.

O Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoas com Deficiência realizará no dias 24 e 25, nos períodos da manhã e tarde, um seminário interno cujo tema será “Reformulando as Diretrizes”. A ideia é discutir a metodologia adotada no Centro, com o objetivo de otimizar o trabalho desenvolvido no espaço.

Centro de Referência – O Centro tem a função de executar serviços especializados que promovam a habilitação e reabilitação de crianças e jovens com deficiência, distúrbio de comportamento e/ou aprendizagem, buscando dar-lhes condições para o exercício pleno da cidadania.

O atendimento é realizado através de uma triagem de avaliação e programação. Só a partir deste primeiro momento é que o usuário recebe atendimento individualizado ou em grupo, em um ou mais tipos de terapia de estimulação precoce, de habilitação/reabilitação ou de capacitação para o trabalho.

Dos 922 usuários, 636 são homens e 286 mulheres, sendo que desses, 801 residem em João Pessoa, 89 em Bayeux e os demais em outras cidades do Estado, como Santa Rita e Cabedelo. Oitenta e cinco usuários estão na faixa etária entre 0 a 3 anos; 165, entre 4 a 7 anos; 476, na faixa etária entre 7 e 12 anos de idade; 148, entre 13 e 20 anos e 48 estão na faixa dos 20 anos acima.