PMJP realiza poda de árvores para garantir segurança da população

Por - em 25

No período de chuva é comum à queda de barreiras, o que provoca acidentes e coloca em risco a vida dos moradores das áreas consideradas de risco.  Atenta à necessidade de prevenção, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio dos técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), vem realizando podas de manutenção e de segurança em diversos pontos da cidade. Este trabalho teve início no mês de maio.

O serviço de poda está sendo realizado em áreas da Comunidade do Timbó (Bancários); Barreira do São José; Chatuba I, II e III; Comunidades Tito Silva, São Rafael e Santa Clara, no Castelo Branco; comunidade Saturnino de Brito, Renascer e Santa Emília de Rodat, localizadas entre o Centro e Distrito Mecânico. A equipe também está presente com a ação na comunidade Esperança, no Padre Zé; Riacho da Bomba e comunidade Asa Branca, no Roger; Beira da Linha, São Judas Tadeu e Rua Ari Barroso, no Alto do Mateus;  comunidade Boa Esperança e Novo Horizonte, no Cristo; Santa Bárbara, no Valentina Figueiredo; e ainda na Rua José Duarte de Holanda, onde fica a barreira do Cabo Branco.

Esse trabalho é feito sob a coordenação dos engenheiros agrônomos da Semam e prossegue o cronograma até o fim do mês de julho. “Essas ações são extremamente importantes para preservação das áreas verdes e prevenção das encostas no período da chuva. Desta forma são dadas condições de sustentabilidade às árvores”, explicou Anderson Leite Fontes, coordenador da Divisão de Botânica.

A poda de manutenção tem como objetivo dar suporte às árvores, sem danificar suas estruturas. Já a poda de segurança retira os galhos mais finos, que pesam sobre a copa das árvores e quebram com facilidade. Este trabalho, que é uma ação do Plano de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica, evita que os galhos e as árvores caiam sobre as pessoas e também sobre os carros.

O cuidado com as árvores também é feito com o objetivo de preservar as áreas verdes, responsáveis pela manutenção do solo, evitando assim o desmoronamento das barreiras. A Divisão de Botânica da Secretaria do Meio Ambiente disponibiliza o número 3218-9203 para que a população informe sobre pontos onde haja necessidade do serviço de poda.

Fogueira Comunitária – Toda a madeira extraída desta e de todas as podas realizadas pela Seman serão reaproveitadas na campanha Fogueira Comunitária. Promovida pela PMJP, essa ação tem o objetivo de estimular os moradores da Capital a celebrarem de forma coletiva os festejos juninos, em vez de montar várias fogueiras, e evitando que mais madeira seram extraídas da natureza para os costumes do São João.

 

Com a campanha, toda a lenha utilizada na comemoração, que será aproveitada das podas das árvores, será doada pela Prefeitura, buscando assim a defesa do meio ambiente e do patrimônio público. Para participar, os representantes de associações, articuladores regionais do Orçamento Democrático, líderes comunitários e condutores de festejos tradicionais devem procurar o Centro de Estudos e Práticas Ambientais (CEPAM), que fica localizado no Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), no bairro do Roger e efetuar um cadastro prévio. O setor funciona das 8h às 12h e das 14h às 16h.