PMJP realiza seminário para avaliar atividades das Estações Digitais

Por - em 19

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretária da Ciência e Tecnologia (Secitec) realizará, no próximo sábado (7), das 8h às 17h, o ‘Seminário de Avaliação das Estações Digitais e Formação dos Monitores’, no Centro de Capacitação de Professores (Cecapro), localizado na Avenida Beira Rio, S/N. O objetivo é debater e analisar todas as ações, dificuldades e sugestões que aconteceram em um ano de funcionamento do projeto das Estações Digitais, que é desenvolvido pela Prefeitura em parceria com o Governo Federal.

Dentro da programação estão incluídas oficinas temáticas e uma palestra sobre a inclusão digital, que será ministrada pelo diretor da TV Cidade de João Pessoa, Walter Galvão. O público alvo para esse seminário são os monitores das Estações, os coordenadores pedagógicos, o suporte técnico e os bolsistas do CNPq que trabalham na Casa Brasil.

Segundo o coordenador pedagógico das Estações, José Isidro Gomes, após o seminário será feito um relatório de avaliação e todas as demandas serão encaminhadas para a Secitec e tomadas as providências para a melhoria das políticas públicas de inclusão digital.

“Nosso objetivo é oferecer o melhor serviço para a inclusão digital das comunidades e, para isso, precisamos capacitar nossos monitores, com uma formação continuada e melhorar a qualidade e gestão dos serviços oferecidos para a população, como a implantação de cursos de informática mais avançados. O objetivo desse seminário é proporcionar esse desenvolvimento”, relatou Isidro.

Concluintes e acessos livres – De acordo com dados da Secitec, desde julho de 2007 – com a formação da primeira turma dos cursos básicos em Informática – até fevereiro deste ano, 1.043 pessoas receberam certificados de conclusão de curso, sendo que 820 ainda estão em curso com conclusão prevista para o próximo mês de julho.

Agora são 18 estações em funcionamento – incluindo a do bairro da Ilha do Bispo -, sendo que 13 delas já foram inauguradas oficialmente pelo prefeito da Capital Ricardo Coutinho (PSB). Dessas em funcionamento nos turnos da manhã e tarde, mais de 1200 pessoas por mês se conectam aos computadores de cada uma das unidades digitais. Já as Estações que funcionam nos três turnos (manhã, tarde e noite), mais de 1500 pessoas ( por mês) realizam acesso livre aos computadores e à Internet.

Projeto – O projeto das Estações Digitais é desenvolvido pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, representando um valor total de R$ 922.695,20, sendo que a União entra com R$ 727.095,20 e a Prefeitura com R$ 195.600,00. O projeto prevê a instalação de 23 Estações Digitais na Capital paraibana.

Cada estação tem 11 computadores (sendo um para o monitor), impressora e scanner, onde são oferecidos cursos básicos de informática (Windows XP, Word, Excel, Power Point e noções de Internet). Para se inscrever nos cursos, as pessoas devem procurar os Centros de Cidadania ou de Juventude, onde funcionam as estações, com um documento de identidade.

Além disso, qualquer pessoa da comunidade que precisar usar o computador para uma pesquisa, trabalho escolar, digitar um currículo ou passar um e-mail, tem acesso livre nos intervalos das aulas. O agendamento para o acesso livre aos computadores é feito na hora.