PMJP recupera anel da Lagoa, duas praças, viaduto e calçadas

Por - em 51

As obras de restauração do anel interno da Lagoa do Parque Solon de Lucena prosseguem. A iniciativa da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) Dentro do Programa de Revitalização de Sítios Históricos (PRSH), a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) realiza a restauração do anel interno da Lagoa do Parque Solon de Lucena. O objetivo da iniciativa é recuperar espaços públicos estratégicos para a vida da cidade.

Compõe também essa iniciativa, a restauração das praças Vidal de Negreiros (Ponto Cem Réis) e Venâncio Neiva (Pavilhão do Chá), no Centro, além do Viaduto Damásio Franca e as calçadas da Avenida Padre Meira, obras já em execução pela Secretaria de Infra-estrutura (Seinfra). Estão sendo investidos mais de R$ 3,2 milhões, sendo R$ 1.429.922,80 nas intervenções na Lagoa.

Conforme o projeto, no anel interno da Lagoa a proposta é trocar todo o piso das calçadas, que serão de concreto intertravado, e recuperar a jardinagem e a iluminação ornamental. Também estão previstas a recuperação da drenagem, desobstrução do sangradouro da Lagoa e a retirada das ilhas de areia dentro do manancial. Essas ações objetivam minimizar os transtornos no local no período de chuva.

Outra providência será a colocação do ‘Monumento à Pedra do Reino’, do artista plástico Miguel dos Santos, em homenagem à obra ‘Pedra do Reino’ do escritor paraibano Ariano Suassuna. O monumento será instalado no final da Rua Padre Meira.

Na Praça Vidal de Negreiros, toda a estrutura e o antigo acesso à Rua Duque de Caxias já foram demolidos. A área da intervenção, medindo 5.214 metros quadrados, foi cercada por tapumes. Após os trabalhos, o espaço onde havia a praça, o calçadão do Hotel Palace, o espaço vazado do Viaduto Damásio e a Duque de Caxias farão parte de um mesmo plano. A área contará com projeto luminotécnico, instalação de mobiliário urbano e nova pavimentação, a um custo de R$ 1.411.505,12.

Já na Praça Venâncio Neiva (Pavilhão do Chá), a recuperação das calçadas já foi iniciada. A restauração do local será executada em dois momentos. Nesta etapa iniciada estão sendo recuperadas as calçadas, bancos, jardins e toda a iluminação. Posteriormente virá a recuperação do coreto. Os investimentos são da ordem de R$ 385.725,26 e as obras devem ser concluídas em novembro próximo.