PMJP reforça a fundação de ponte para alargar ‘Pedro II’

Por - em 26

As equipes de trabalho da Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra) concluíram a colocação de estacas metálicas de fundação da ponte sobre o rio Jaguaribe, nas obras de alargamento da avenida Pedro II. As estacas darão sustentação à ponte que também será alargada. Depois de concluídas essas intervenções, será iniciada a drenagem, seguida de terraplenagem e pavimentação. A obra da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) objetiva melhorar o tráfego de veículos em circulação entre o Centro e a Zona Sul da cidade, dentro do Plano Viário do Governo Municipal.

O engenheiro fiscal Hermes Felinto, vinculado à Seinfra, explica que a colocação das estacas e dos drenos verticais de areia é necessária para dar maior sustentação à ponte após o seu alargamento. “Esta semana nós concluímos a colocação das 66 estacas e daremos continuidade aos drenos verticais de areia. Serão aproximadamente 500 perfurações. Esse processo deverá ser concluído em cerca de 20 dias”, afirma. Somente após esse processo é que se inicia o alargamento da ponte propriamente dito, com o processo de concretagem.

Segundo ele, paralelamente deverão ser executados os serviços de drenagem, terraplenagem e pavimentação da área alargada da via, bem como intervenções complementares de meio-fio, calçadas, ciclovia, iluminação ornamental, sinalização (horizontal e vertical). A ciclovia ocupará o trecho que vai desde as imediações do Complexo Juliano Moreira até a UFPB. Para dar continuidade aos serviços, a STTrans manterá a interdição de uma das faixas da Pedro II.

Intervenções – A Seinfra concluiu também a construção do muro de arrimo na residência localizada na altura da curva que dá acesso ao bairro da Torre. A execução do muro objetiva dar maior segurança à residência que teve parte do terreno suprimido para possibilitar o alargamento da via. A cerca de proteção da casa, que ficava à margem da avenida, foi retirada e uma nova construída. Desde o inicio da obra foi necessário executar o recuo do muro da Rádio Tabajara (o antigo foi demolido e outro foi construído), das redes da Telemar, Big TV e Saelpa, bem como a desapropriação e demolição de seis casas.

Toda a intervenção da obra de alargamento da avenida Pedro II está concentrada do lado direito da via (sentido bairro/centro), no trecho entre o girador da UFPB até a avenida Rui Barbosa, no bairro da Torre, compreendendo aproximadamente dois quilômetros de extensão. Após deslocamento da mureta central, a via passará a ter três faixas em cada sentido. Com investimentos na ordem de R$ 2,7 milhões, na segunda etapa da obra de alargamento do corredor de acesso a Zona Sul da Capital, o Governo Municipal pretende dar maior vazão ao trânsito nessa área.