PMJP tem 2 mil em construção e recursos para mais quatro mil

Por - em 43

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) celebrou a marca de 3 mil unidades habitacionais entregues à população na noite desta quinta-feira (19), no Campo da Alvorada, no Bairro dos Novais. O Governo Municipal vai somar a esse número mais 2 mil casas em fase de construção e já tem garantido recursos para a edificação de mais 4 mil moradias a partir do segundo semestre deste ano, totalizando 9 mil unidades até o final do ano entregues e/ou em construção.

Desse total de 3 mil unidades comemoradas pelo Governo Municipal, 447 casas e apartamentos são pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR); 1.307 unidades são pelo Programa de Subsídio Habitacional (PSH), distribuídas em mais de 40 bairros; 1.159 casas pela Resolução 460/FGTS/Crédito Solidário; 72 apartamentos recuperados com recursos da Outorga Onerosa e mais 15 casas construídas através da Contribuição Social.

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), afirmou que é impossível pensar a política da habitação sem incluir ações concretas de saúde, educação, geração de renda e cidadania. “Essa comemoração representa uma marca extremamente importante e não é só a moradia, mas a capacidade que a gestão tem de pensar e potencializar ações, principalmente nas áreas da saúde e educação, para trazer de volta a perspectiva de um futuro melhor à população. O investimento que esse governo está realizando serve como parâmetro do que é possível fazer em termos de política pública”, ressaltou.

Suzionara Pacheco, uma das pessoas contempladas com a casa própria, representou as famílias beneficiadas pela política habitacional da Prefeitura. “Realmente estou bastante emocionada. O sonho da casa própria é almejado por todo mundo e essa gestão, que é comprometida com o povo, tem feito o sonho de muita gente se tornar realidade”, disse.

Prestigiaram a comemoração das 3 mil moradias o superintendente da Caixa Econômica Federal, Jorge Gurgel; representantes dos bancos associados parceiros da Prefeitura de João Pessoa na construção de casas pelo PSH, lideranças comunitárias e entidades representativas da luta por moradia.