PMJP vai analisar proposta de abertura de escola da Igreja Adventista

Por - em 58

O prefeito Luciano Agra reuniu-se nesta quarta-feira (30) com representantes da Igreja Adventista do Sétimo Dia para discutir a proposta de instalação de uma escola pertencente à igreja na Capital. O encontro aconteceu no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, e contou com a presença do chefe de Gabinete, Raoni Mendes.

“A Prefeitura de João Pessoa entende com boa vontade a proposta de implantação de um empreendimento educacional na cidade que poderá gerar uma contrapartida social para com o Município. Iremos estudar melhor a idéia e voltar a conversar com os membros da Igreja Adventista”, ressaltou o prefeito.

O presidente da Igreja Adventista da região Rio Grande do Norte e Paraíba, pastor José Junior Soares, explica que existem 450 escolas pertencentes à Igreja no País, mas nenhuma ainda instalada nas cidades de Terezina e João Pessoa.  “A escola adventista tem uma proposta similar às outras, mas com uma estrutura educacional abordando o cunho religioso, desenvolvendo também a dimensão espiritual de seus alunos”, ressaltou. 

O projeto apresentado pelos adventistas propõe a construção de uma escola ocupando uma área total de cinco mil metros quadrados, que deverá receber investimentos totais de cerca de R$ 5 milhões, entre construção e aquisição de equipamentos e de infraestrutura.

Durante o encontro, o prefeito Luciano Agra também destacou alguns projetos em andamento para a Educação por parte da Prefeitura Municipal de João Pessoa, a exemplo da meta de ampliação das escolas em tempo integral, que passarão a ser 12 até o final do próximo ano. O prefeito ainda falou sobre o processo de urbanização de João Pessoa e as obras realizadas para proporcionar melhorias na mobilidade urbana da Capital.

Uma nova reunião entre os pastores adventistas e o prefeito deve acontecer nos próximos meses para uma análise por parte da PMJP mais detalhada do projeto apresentado pela Igreja.