PMJP vai dotar Estação Cabo Branco de equipamentos científicos

Por - em 33

O prefeito Ricardo Coutinho assinou nesta semana o empenho para desenvolver, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Arte, localizada no bairro do Altiplano, um espaço voltado para o conhecimento científico através das leis da Física. Serão 25 experimentos instalados, até o final do próximo ano, na área externa e interna do local. O objetivo dos implementos, segundo o diretor da Estação Cabo Branco, Fernando Abath, é mostrar, de uma maneira pedagógica e prática, os processos físicos que circundam o cotidiano do ser humano.

Ele informou que na área externa serão instalados experimentos como a bicicleta na corda bamba, cujo propósito é explicar o equilíbrio mecânico que possibilita o deslocamento de um ponto a outro, sem que a bicicleta caia. “Trata-se de uma lei física, o equilíbrio mecânico e o centro de massa. Dou como exemplo um equilibrista que utiliza um bastão para se manter equilibrado”, revelou.

Outros dois experimentos que serão instalados na área externa são a ponte romana e as parabólicas comunicantes, que objetivam explicar a propagação das ondas sonoras, princípio aplicado, por exemplo, na brincadeira das crianças que se comunicam com outras através de dois copos e um barbante esticado.

Sobre a ponte romana, Abath explicou que a pretensão é mostrar, através de um quebra-cabeça, como se dá a montagem, seguindo os princípios físicos, principalmente no conceito do arco. O diretor da Estação relatou que a instalação dos 25 experimentos serão custeados pelo Governo Federal, através do Ministério da Ciência e Tecnologia, cujo montante é de R$ 1,6 milhão, com a contrapartida da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), de R$ 338 mil.