Poesia e clássicos da música nordestina na abertura do São João de JP

Por - em 46

Muito brilho, animação e poesia marcaram a noite de abertura do ‘São João em João Pessoa – O melhor da gente’ que aconteceu neste sábado (21), com os shows de Khrystal, Silvério Pessoa e Chico César, no Palco da Praça Antenor Navarro.

Um grande número de pessoas lotou o Centro Histórico da Capital, tanto na praça, como no Palco do Largo de São Pedro, onde se apresentam vários folguedos populares e na área interna do Conventinho, onde ocorre o Concurso de Quadrilhas Juninas ‘Arraial do Varadouro’. O evento é promoção da Prefeitura Municipal (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope), e prossegue até o domingo (29), sempre a partir das 20h.

Na Praça
– A Cantora Potiguar Khrystal iniciou a noite com um repertório formado por grandes clássicos da música nordestina, relembrando ícones do gênero, a exemplo do ‘Rei do Baião’, Luiz Gonzaga; o ‘Rei do Ritmo’, Jackson do Pandeiro, além da Paraibana Kátia de França, na composição ‘Coito das Araras’.

Em seguida, subiu ao palco o artista pernambucano Silvério Pessoa, com um repertório autoral de alta qualidade e um estilo próprio com grande influência dos mestres dos saberes populares, das ruas e feiras livres do interior do Nordeste, mesclando uma batida contagiante, muita poesia e musicalidade, levantando o público e mostrando a riqueza da poesia popular.

“Fico muito feliz em fazer parte de uma programação muito arrojada e, principalmente, ousada que prioriza a música de qualidade produzida no Nordeste, mostrando que o grande público gosta das coisas boas”, disse Silvério Pessoa.

Homenagem – O artista paraibano Chico César encerrou a noite, apresentando um repertório divertido e muito dançante, mostrando músicas do seu novo CD, intitulado ‘Francisco, Forró y Frevo’, a exemplo de ’Girassol’, ‘Feriado’, ‘Marcha da Cueca’, do saudoso Livardo Alves e Zabé, em homenagem a maestrina Zabé da Loca.

Chico César revelou o prazer de apresentar o seu novo trabalho, na abertura do São João da capital. “É muito bom tocar para um público como este, pois eu sei que aqui estão os meus amigos e as pessoas que realmente gostam do trabalho que estamos desenvolvendo”, contou.

No Largo
– O ‘Coco de Roda de Gurugi’, ‘Boi de Reis Estrela do Norte’, o rabequeiro José Hermínio e o forró pé de serra de ‘Forrozeiros do Nordeste’ deram o tom do Largo de São Pedro, que conta ainda com ‘Tenda do Cordel’, que na noite de sábado teve a presença dos cordelistas José Alves Sobrinho e Alan Sales e dos repentistas Daudeth Bandeira e Feitosa Nunes.

No Conventinho – A estrutura metálica instalada na área interna do Conventinho, para a 12ª edição do ‘Festival de Quadrilhas Juninas Arraial do Varadouro’, recebeu as concorrentes do grupo A, atraindo uma verdadeira multidão de torcedores, vindos de diversos bairros da capital e cidades circunvizinhas, que puderam apreciar a beleza das coreografias e figurinos, feitas com muito esforço e carinho pelos próprios componentes dos grupos.