Pólos de Inclusão Social são inaugurados até dezembro

Por - em 29

Os moradores dos bairros dos Funcionários II e Alto do Mateus serão beneficiados com a implantação de duas Unidades de Inclusão Social, que serão entregues até o final de dezembro. A iniciativa é da Prefeitura de João Pessoa (PMJP). Os empreendimentos são ligados a Secretaria de Desenvolvimento e Ação Social (Sedes), destinados à capacitação e geração de emprego e renda. O investimento nas obras é de aproximadamente R$ 753 mil.

A Secretaria de Infraestrutura informou que as obras do Centro de Inclusão Social Maria de Nazaré, no Funcionários II, estão na etapa final. Já as obras da Unidade de Inclusão Produtiva e Vestuário, no bairro do Alto do Mateus, foram concluídas.

O Centro de Inclusão Social Maria de Nazaré conta com uma área de aproximadamente três mil metros quadrados. Nesse espaço os usuários vão contar com cursos na área de Construção civil, Gastronomia e Informática. Segundo a diretora de Economia Solidária, Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Iara Pond, a capacitação será destinada a população em geral e beneficiários do Bolsa Família. “Pretendemos atender uma média de 400 pessoas por ano, nos três cursos”, explicou. O curso de Informática estará disponível para crianças, adolescentes, jovens e adultos, e os de Construção civil e Gastronomia para pessoas a partir de 16 anos.

A nova estrutura dispõe de salas de Informática, Psicologia, Assistência social, Coordenação, sala de professor, biblioteca, cozinha, almoxarifado, depósito, sala de aula e galpão. Na área externa há um jardim e estacionamento. No Maria de Nazaré foram investidos R$ 510.762,46.

Alto do Mateus – A Unidade de Inclusão Produtiva e Vestuário vai oferecer cursos de costura, confecção de lingerie, lycra e serigrafia para a população e beneficiários do Bolsa Família, a partir dos 16 anos. A meta da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) é atender cerca de 300 pessoas por ano.

O prédio comporta uma ampla sala de aula, ateliê, serigrafia, câmara escura e anti-câmara, além de administração, copa-cozinha, duas baterias de banheiros, estacionamento, pátio calçado, jardins circulando todo o prédio e sala de exposição (loja). O investimento foi de R$ 242.475,33.