Ponto de Cem Réis recebe bom público durante show de Moska

Por - em 32

A primeira noite do projeto Estação Nordeste no Ponto de Cem Réis, no Centro da Capital, foi marcado pela poesia e a performance do cantor e compositor Moska. O público pôde conferir canções do seu último trabalho, “Tudo Novo de Novo”, além de novidades do próximo Cd “Muito Pouco”. A chuva passageira que caiu na noite de sexta-feira (8) não foi suficiente para dispersar ou inibir os zumbidos do Moska e da cantora paraibana Eleonora Falcone, que realizou o show de abertura.  O Estação Nordeste é uma realização é da Prefeitura de João Pessoa, por meio da Fundação Cultural (Funjope).

Um dos pontos altos do espetáculo foi quando o diretor executivo da Funjope, Chico César dividiu o palco com Moska. “Eu não poderia recusar um convite do meu mestre e grande amigo Chico César. Estou muito feliz em ter a oportunidade de fazer um espetáculo em praça pública e dividir este momento especial com todos vocês”, disse Moska. Com as canções na ponta da língua, o público que lotou o Ponto dos Cem Réis foi um espetáculo à parte. “Estou realmente emocionado com a receptividade das pessoas. Só tenho o que agradecer. A troca de boa energia é o tom deste show”, acrescentou o cantor.

Organização – O que chamou a atenção do público foi a organização e segurança do evento. O administrador Murilo Albuquerque mora em Fortaleza e veio para passar férias com a família em João Pessoa. “Estou impressionado com a estrutura do Estação Nordeste, que prioriza pela qualidade e diversidade dos artistas. Fora isso, mesmo sendo uma festa pública e gente percebe que as pessoas respeitam a cidade e curtem os shows tranqüilamente. O Verão aqui é um dos melhores do Nordeste”, enfatizou o administrador.

A cantora Eleonora Falcone, atração local do Estação Nordeste na noite de sexta-feira, mostrou sua doçura incomum. Ela cantou músicas do seu trabalho independente ‘Eu tenho um pedaço de sol que guardo comigo desde menina’. “É muito bom cantar em João Pessoa e para um público tão especial”, comentou Eleonora.