População conhece demandas na área da Saúde para o ano de 2011

Por - em 44

As ações previstas na área da Saúde para o ano de 2011 foram discutidas nesta segunda-feira (22) durante audiência setorial realizada na igreja N. S. De Fátima, no bairro de Miramar.

Estiveram presentes os representantes do Orçamento Democrático (OD) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), delegados, conselheiros e os moradores das 14 regiões orçamentárias da Capital. A representante da SMS, Cláudia Veras, que é diretora de Atenção à Saúde, informou que as principais demandas de saúde da cidade são a construção e reforma de Unidades de Saúde da Família (USFs) e a contratação de médicos para as equipes de USF.

Claudia Veras também apresentou durante a audiência as principais ações de saúde realizadas ao longo deste ano como a organização da Rede de Atenção à Saúde; discussão de mecanismos para manutenção de médicos na Estratégia de Saúde da Família; construção de novas Unidades de Saúde, reforma e ampliação de serviços, contrato de reforma e recuperação de serviços próprios da saúde (atualmente são 4 frentes de trabalho), serviços dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), consultórios de rua, o fortalecimento da rede hospitalar (hospitais de Mangabeira, Valentina,Cândida Vargas e Santa Isabel) e a rede de atenção básica.

Em andamento – Além disso, a representante da SMS apresentou uma série de obras em andamento com previsão de conclusão ainda para este ano. Algumas delas são o Centro de Esterilização no Centro de Zoonozes, no bairro dos Bancários; as reformas do Laboratório de Farmácia do Instituto Cândida Vargas (I.C.V.) e do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, que funciona na Torre e passará para Jaguaribe; as reformas do Centro de Especialidade Odontológica, na Torre, e de 16 USFs em várias localidades. A construção do Centro de Medicina Natural, nos Bancários, e da reforma e ampliação do Centro de Práticas Integrativas e Complementares, no Valentina Figueiredo, e do Centro de Reabilitação do Complexo de Mangabeira, entre outras.

Para a delegada da 1°região do OD, Francy do Nascimento Silva, é muito importante a realização das audiências setoriais. Na avaliação dela, é através das audiências que a população fala diretamente com as Secretarias Municipais. “Conseguimos um PSF no bairro São José participando de uma audiência como esta. Agora pedimos uma para o bairro do Bessa e temos certeza que vamos conseguir”, desabafa Francy.
A próxima audiência setorial será com a Sttrans, no dia 25, na Escola Anaide Beyriz, no Bairro das Indústrias, para discutir transporte público.