População de Jacarapé recebe Estação de Serviços da PMJP

Por - em 130

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em parceria com o Governo do Estado, levou a Estação de Serviços para a comunidade do bairro de Jacarapé, neste sábado (17). Das 8h às 12h30, a população local teve acesso a serviços de saúde, corte de cabelo, manicure, atividades recreativas, assessoria jurídica, orientações sobre o respeito com o meio ambiente e muito mais.

O diferencial desta edição, segundo o coordenador Alberto Rocha, foi a participação da Procuradoria Cidadã, que deu suporte jurídico aos moradores, orientando-os sobre os seus direitos, enquanto cidadãos e a presença da biblioteca móvel do Sesc, que ofereceu o acesso da população a livros de diversas áreas e para todas as idades. “A comunidade necessita de um momento como este, em que eles podem ter acesso a certos serviços e também proporciona momentos de lazer e cuidados com a saúde”, afirmou.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) levou profissionais para realizar vacinação em crianças e adultos, bem como orientar a população sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST/ Aids), higiene bucal, com entrega de kits e demonstração das técnicas corretas de escovação, aferição da pressão arterial, testes de glicemia e dicas para ter uma vida mais saudável.

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SPPM) estava no local entregando para as mulheres da comunidade um livreto contendo a Lei Maria da Penha. A Emlur mostrou trabalhos realizados através da reciclagem de materiais. O Sine-JP forneceu informações sobre o cadastro para empregos. A Secretaria Municipal de Educação (Sedec) levou profissionais para realizar atividades lúdicas como xadrez e recreação, dando a oportunidade de crianças e adultos terem um momento de lazer e diversão, além do aprendizado.

Além destes, também estiveram presentes a Cagepa, realizando jogos educativos com intuito de orientar a população sobre a educação ambiental e importância da água, a Ouvidoria Municipal, que pôde ouvir as reivindicações da população, a fim de melhorar as deficiências do bairro, serviços de beleza como corte de cabelo e manicure, pintura facial, entre outros.

Cidadania – O principal objetivo da Estação de Serviços, de acordo com Alberto, é oferecer cidadania. “Muitos aqui não podem ter acesso a serviços básicos como estes, porque trabalham durante a semana, porque não tem condição e porque desconhecem. Então o governo municipal quer atingir essas comunidades mais carentes e que tem mais dificuldade a esse acesso. O nosso intuito é envolver cada vez mais as escolas e associações na participação ativa desses eventos”, refletiu.

Alberto Rocha informou que a Estação de Serviços voltará ao bairro de Jacarapé neste mês de março para emitir documentos pessoais como carteira de identidade (RG), CPF e cartão cidadão.

População Satisfeita – Para Joseilton Ribeiro, morador do bairro há 23 anos e presidente da associação da comunidade, a principal dificuldade da população é o deslocamento para outros locais. “Nós precisamos procurar esse tipo de serviço em outros bairros mais distantes, o que dificulta o nosso acesso, por isso é tão importante a prefeitura realizar um momento como este para nós, no qual podemos aprender e ensinar para as outras pessoas também”, contou.

Margarida da Silva, uma das moradoras mais antigas, enfatizou a distância do bairro da cidade. “Hoje eu pude saber mais sobre os meus direitos, enquanto uma pessoa idosa, cuidar de mim e da minha saúde. Foi excelente”, elogiou ela que mora a 48 anos em Jacarapé.

O pequeno Elias Santos, de apenas oito anos, revelou o que aprendeu. “Eu me diverti muito brincando, jogando bingo e pintando, mas aprendi sobre a importância da água e sobre a poluição do meio ambiente, o que podemos e que não podemos fazer”, disse.

Calendário – Durante o mês de março ainda serão realizadas mais duas Estações de Serviço: dia 24, na Comunidade Santa Clara e no dia 31, no Parque do Sol.