População prestigia apresentações de música e teatro no Centro Histórico de João Pessoa

Por Jô Vital - em 371

A estudante Catarina Wallach mora no José Américo e tem o hábito de prestigiar as apresentações dos artistas na Casa da Pólvora, nos fins de tarde dos domingos, no Centro Histórico de João Pessoa. “Eu gosto, os eventos são bem inclusivos para as famílias e promovem a ocupação dessa área do Centro Histórico. É bem bacana”, afirma Já a estudante Luara Alencar, que mora no Castelo Branco, foi pela primeira vez à Casa da Pólvora e também achou muito interessante. “O clima do local, as pessoas agradáveis e é muito importante colocar um ponto cultural no Centro da cidade, quando normalmente não havia movimento aqui nessa área”, comentou.

As amigas foram prestigiar, no Centro Cultural Casa da Pólvora, a apresentação da cantora paraibana Meire Lima, que trouxe um repertório de clássicos da Música Popular Brasileira, com sambas de Nelson Cavaquinho, Paulo Vanzolini, Chico Buarque, entre outros compositores. A apresentação faz parte do projeto AnimaCentro, promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Fundação Cultural (Funjope).

Na Praça da Independência, a tarde foi de contação de histórias para as crianças, que prestigiaram o espetáculo ‘Guara-mamo’, do grupo Mutuca. A atração trouxe contos e causos dos mestres e mestras do Vale do Gramame, misturando poesia, circo, teatro e música. São quatro histórias que chamam atenção pelo enredo e pelos seus desfechos surpreendentes. O espetáculo tem diversos personagens, tanto reais, das comunidades rurais da Grande João Pessoa, como personagens do imaginário popular. Entre eles, Branca Dias, Velho de Branco e a Velha da Cacimba.

No Parque da Lagoa, o grupo Los Iranzi trouxe o espetáculo “Brincando de ser Brincante”, com números tradicionais de palhaços. O espetáculo já circulou pela Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas, Rio de Janeiro e Argentina.

Fundada em 1997, a Cia Los Iranzi é uma família de brincantes que busca manter a magia do picadeiro, aliando números tradicionais do circo à música e teatro. Os integrantes são Júnior Iranzi (Chumbinho), Virgínia Iranzi (Mamadeira), Luana Iranzi (Jujuba), Pedro Iranzi (Espoleta) e Manu Iranzi (Cochinha).

AnimaCentro – O projeto AnimaCentro tem o objetivo de ocupar os espaços históricos, revitalizados pela atual gestão, com uma programação cultural diversificada nos espaços do Centro de João Pessoa.