Portal IG destaca belezas das piscinas naturais de Picãozinho

Por - em 17

A beleza das piscinas naturais de Picãozinho, distante 1,5 quilômetro da praia de Tambaú, em João Pessoa foi destaque no Portal IG, na editoria de turismo. Um dos destinos preferidos dos turistas e moradores da Capital foi considerado uma das cinco melhores piscinas naturais do Nordeste.

Na matéria, a repórter Mônica Cardoso compara Picãozinho a um enorme aquário a céu aberto, onde cardumes de peixinhos coloridos nadam nas reentrâncias dos arrecifes de corais, destaca. A reportagem ainda descreve que o passeio é feito por catamarãs e que além do contato com a natureza, quem segue para Picãozinho é agraciado com a vista da orla de João Pessoa e da Estação Cabo Branco, no Altiplano, obra do arquiteto Oscar Niemeyer. Para conferir o material na íntegra basta acessar o link: turismo.ig.com.br/destinos_nacionais/2011/02/16/aquarios+a+ceu+aberto+10364025.html

Picãozinho é uma obra da natureza formada por um banco de corais, cercado de piscinas naturais com águas claras que permitem a visualização de peixes coloridos e outros animais marítimos. E o que torna o passeio inesquecível são exatamente os peixinhos que costumam se aglomerar em volta dos visitantes. O acesso ao local só pode ser feito durante as marés baixas e o trajeto dura aproximadamente 15 minutos, quando os turistas recebem a orientação de não andar sobre os recifes.

Fiscalização – Uma ação conjunta entre a Secretaria de Turismo, Procon Municipal e Capitania dos Portos autuou nesta sexta-feira (18) embarcações que estavam realizando o transporte para Picãozinho de forma ilegal. Segundo o secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Pereira, há cerca de um ano o passeio às piscinas naturais foi regulamentado e alvo de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que estabeleceu critérios a serem seguidos pelos oito empresários habilitados a oferecer o serviço turístico náutico.

Segundo as regras, o passeio à Picãozinho só pode ser feito com o limite de 242 pessoas ao mesmo tempo no local, e todas as embarcações que realizam o passeio devem possuir um guia turístico cadastrado junto ao Ministério do Turismo.

De acordo com o secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Pereira, o monitoramento faz parte do interesse do poder público municipal em conservar as belezas de um dos nossos mais importantes atrativos naturais, bem como de ordenar a utilização dos serviços de turismo náutico em Picãozinho, completou.