Praça no Costa e Silva começa a ser construída a partir desta segunda

Por - em 20

Sob aplausos da comunidade, o prefeito Ricardo Coutinho assinou neste domingo (28) a Ordem de Serviço para construção da primeira praça do bairro Costa e Silva. A obra é uma das mais aguardadas pelos moradores nos 38 anos de existência do bairro. As obras têm início nesta segunda-feira (29).

Para o prefeito Ricardo Coutinho, todas as experiências de construção e reformas das 31 praças na capital estão remodelando completamente o perfil da ambiência urbana e da convivência das pessoas. “O conceito que temos implantado é o conceito da família, oferecendo atividades especificas para os filhos, os jovens, os pais e os idosos. Eu tenho certeza absoluta que a população de João Pessoa sabe a importância que as praças têm ocupado para qualidade de vida de todos”, afirmou Ricardo Coutinho que também ressaltou a construção de novas praças nas comunidades Cidade Verde (Mangabeira) e Padre Zé.

Espaço para lazer – De acordo com o projeto elaborado pela Secretaria de Planejamento (Seplan), a primeira praça do Costa e Silva vai ser construída num terreno com mais de 4 mil metros quadros. O local escolhido fica logo na entrada do bairro e terá quadra poliesportiva, antiteatro, pista de skate, parque infantil, equipamentos de ginástica, mesa de jogos e arquibancada.

“A construção desta praça é um sonho de todos nós moradores. Nasci e fui criado aqui e nunca tive um espaço de lazer como este, mas graças à iniciativa da atual gestão da prefeitura da capital, meus filhos e netos terão onde brincar, sem precisar sair do bairro”, declarou o morador Sóstenes dos Santos, que vive no Costa e Silva desde 1971, ano de fundação do bairro.

Além de fazer parte do projeto de novas praças da Seplan, o novo espaço a ser criado vai gerar impactos sociais à toda a comunidade. Aproximadamente 15 mil pessoas serão beneficiadas com um local para prática de esportes, internet gratuita e espaço para a leitura.

“Com certeza, a nossa qualidade de vida vai mudar bastante, não vejo a hora de poder ter um lugar para as minhas caminhadas e não precisar mais ir para outros bairros”, comemora a estudante Célia Regina de Sousa.

De acordo com o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Raoni Mendes, a previsão para conclusão da obra é de 120 dias. “Já morei em vários lugares do Brasil e nunca vi o que está sendo feito em tão pouco tempo em João Pessoa. Uma mudança radical na qualidade de vida dos pessoenses. A chegada desta praça também vai contribuir para a redução dos índices de violência no Costa e Silva. Jovens que tenham espaço para atividades de lazer e educação possuem chances menores de se envolverem com o crime”, pontuou o professor Everaldo Soares, morador do Costa e Silva há 38 anos.