Preço do litro de gasolina comum cai e chega a R$ 2,199 na Capital

Por - em 21

O litro da gasolina comum na Capital paraibana pode ser encontrado pelo valor de R$ 2,199, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (24) pelo Procon de João Pessoa (Procon-JP). O único posto que está trabalhando com esse preço é o ‘JF Petróleo’, localizado às margens da BR-230, no bairro do Cristo Redentor. Já o valor mais alto é de R$ 2,599, o que representa uma diferença de R$ 0,40 entre o menor e maior preço.

Os motoristas também devem comemorar uma outra boa notícia. É que o Procon-JP fez uma análise das pesquisas realizadas este ano e comprovou que a quantidade de postos de combustível que reduziram o preço da gasolina também aumentou. Ou seja, em relação à última tomada de preços realizada em 16 de março, o número de postos que vendem gasolina a preço reduzido passou de 36 para 61.

O coordenador do órgão, Watteau Rodrigues, comemorou os números e afirmou que pesquisar é sinônimo de economia. “Todos nós consumidores temos que comemorar. Estamos fazendo o monitoramento desse segmento e, só este ano, já fizemos nove pesquisas de preço e este é o primeiro levantamento em que diagnosticamos uma diminuição tão acentuada assim. A orientação para os motoristas é de boicotar os postos que vendem gasolina cara”, orientou Watteau.

A pesquisa também comparou os preços do litro do álcool e diesel e do metro cúbico de gás natural veicular (GNV). Em relação ao álcool, o menor preço comercializado é R$ 1,499 e o maior R$ 1,999, diferença de R$ 0,50. Já o litro do diesel é vendido por R$ 1,990 ( menor preço) e R$ 2,199 (maior preço). E quem tem veículo que circula a gás natural, a variação de preço é de apenas 0,03 centavos, ficando entre R$ 1,779 e R$ 1,810 o metro cúbico.

A pesquisa foi realizada na segunda-feira (23) em 105 postos de combustível da Capital. O levantamento completo de preços será disponibilizado na página da Prefeitura na Internet (www.joaopessoa.pb.gov.br), no link Procon, em Pesquisas de Preços. Os consumidores podem solicitar uma cópia da pesquisa na sede do órgão, situado à Avenida Pedro I, 331, Centro.