Preços de material de construção variam em até 96,4% na Capital

Por - em 33

Pesquisa divulgada pelo Procon de João Pessoa nesta sexta-feira (16) constatou variação de até 96,4% nos preços de material de construção. O levantamento mostra que o item com maior variação foi no metro da pia de resina, que custa entre R$ 28,00 (Depósito São José – Ilha do Bispo) e R$ 55,00 (Depósito O Baratão – Mangabeira), uma diferença de R$ 27,00.

Outro item que apresentou variação de preço elevada foi o metro do balcão de fibra, que pode ser encontrado com valores entre R$ 28,00 (Depósito São José – Ilha do Bispo) e R$ 53,00 (Mafecol – José Américo), uma variação de 89,3% e diferença de R$ 25,00.

A menor variação encontrada (2,9%) pela pesquisa do Procon-JP foi no preço do saco de 50 kg de cimento. O menor valor foi de R$ 17,00 (Depósito Marques – Funcionário I) e o maior R$ 17,50 (Cimac – Cristo Redentor e Depósito de Material de Construção Mandacaru – Mandacaru).

A pesquisa envolveu 60 itens. Nos considerados como item básico para a construção civil, a maior variação foi de 56,0%, no milheiro de tijolos de oito furos. Foram visitadas 17 lojas de material de construção da cidade, separadas por área geográfica, sendo quatro na Zona Oeste, quatro na Zona Norte, seis na Zona Sul e três na Zona Leste.

Os dados da pesquisa, realizada nos dias 14 e 15 deste mês, podem ser consultados na página da Prefeitura (www.joaopessoa.pb.gov.br), em Procon, no link Pesquisas de Preço ou ainda sede do órgão, situada na Av. Pedro I, 331, Centro. O Procon-JP orienta para que sempre seja solicitada a nota fiscal de compra.