Prefeito anuncia investimentos de R$ 305 milhões na Capital

Por - em 35

O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) lançou na manhã desta segunda-feira (21) o Plano de Ações Integradas (PAI) 2009-2010, com as principais obras e investimentos que serão realizados na Capital no valor de R$ 305 milhões. A apresentação do PAI foi realizada no Centro Administrativo Municipal (CAM) e, durante a solenidade, Ricardo assinou ordens de serviço para a reforma e recuperação do Mercado de Cruz das Armas, recapeamento asfáltico de 32 ruas (clique aqui para ver a relação ), recuperação de 23 praças, pavimentação de vias complementares do anel binário do Bessa, além da eliminação dos pontos críticos de drenagem em João Pessoa.

Na solenidade, que contou com a presença do vice-prefeito, Luciano Agra, secretários municipais, deputados federais, vereadores e convidados, o prefeito também assinou autorizações para o processo de licitações de pavimentação e drenagem de ruas e construção de duas passarelas metálicas sobre a BR 230.

Segundo o prefeito Ricardo Coutinho, o PAI vai contemplar áreas de infraestrutura, educação, saúde, esporte e lazer, cultura e artes, meio ambiente, administração pública e habitação. “O Plano é um esforço da gestão em parceria com o governo federal, com recursos de R$ 305 milhões, onde está incluído o PAC (R$ 100 milhões). Dos recursos próprios, estamos prevendo investimentos na ordem de R$ 112 milhões nesses 15 meses, que abrangem até o fim de 2009 e 2010”, disse Ricardo, lembrando que “estamos colocando aqui o que foi trabalhado de acordo com as demandas e, principalmente, conforme o Orçamento Democrático”.

A partir desta terça-feira (22) já serão iniciadas a reforma e recuperação do Mercado de Cruz das Armas, recapeamento asfáltico de 32 ruas, recuperação de 23 praças, pavimentação de vias complementares do anel binário do Bessa, além da eliminação dos pontos críticos de drenagem (clique aqui para a relação).

Na parte do sistema viário e urbanização, estão obras como pavimentação de 113 ruas (clique aqui para ver a relação), urbanização da orla de Manaíra, construção da ciclovia Cabo Branco/Tambaú, recuperação de passeios públicos do Centro Histórico, construção do viaduto de Tambauzinho, ligando a avenida Júlia Freire (Torre) à Geraldo Mariz, e passarelas sobre a BR- 230.

Na área de educação, mais três escolas-padrão serão erguidas dentro do programa “João Pessoa Faz Escola”, além de quatro Creis, duas escolas de educação infantil e ampliação e reforma de outras 32. Ainda haverá a implantação do Museu de Ciências, na Estação Cabo Branco, e a construção do Centro de Ensino e Artes e da Biblioteca Municipal. “Até maio do próximo ano essa gestão terá construído 338 salas de aula. Hoje já entregamos 176. Esse é um dado extraordinário, pois estamos gerando credibilidade para a educação através da estrutura e de outras ações”, disse Ricardo.

Contemplando a área de saúde, no PAI, mais cinco Unidades de Saúde da Família serão construídas, 60 serão reformadas e duas Unidades de Pronto Atendimento construídas. Também será erguida uma Central de Abastecimento de Materiais e Medicamentos e um Centro de Terapias Complementares. “Na área de saúde existem muitos recursos sendo investidos. Além destes, estamos criando o Centro de Cardiologia e um de Epilepsia, todos no Santa Isabel. Todas essas intervenções aumentam muito nossos custeios”, disse Ricardo.

O Plano de Ações Integradas contempla ainda o abastecimento alimentar, com a construção de três mercados (no Jardim Veneza, Costa e Silva e Cidade Verde), reforma de mercados, construção do Centro de Distribuição de Alimentos – Distrito Mecânico, além da Central de Abastecimento de Agricultura Familiar.

Esporte e Cultura – No setor esportivo, o Valentina Figueiredo vai contar com o Centro de Treinamento Esportivo; o Bairro dos Novais com a Praça da Juventude, e Mangabeira vai ganhar uma pista de Bicicross. “O Centro de Treinamento será no antigo Jorge Luiz. O local, que terá campo de futebol, arquibancada e vestiário, será para atletismo”, ressaltou Ricardo Coutinho.

Em Mangabeira, o antigo Fantástico Clube dará lugar ao Centro Cultural, já a Estação Ciência terá um Espaço Multicultural destinado para artes plásticas, conferências e reuniões. Outra obra será a reconstrução da Juventude Teatral de Cruz das Armas (Juteca).

Para dar mais qualidade de vida e lazer, 17 praças terão sistema de irrigação, três serão construídas e 23 recuperadas. Outra obra de destaque, agora no setor de meio ambiente, é a requalificação do parque Arruda Câmara (Bica).

Quanto aos equipamentos públicos, na comunidade Padre Hildon Bandeira (Torre) será construída uma lavanderia pública e no Alto do Mateus, o Pólo de Confecção.

Na administração pública será construído um anexo de quatro andares no Centro Administrativo Municipal, além da melhoria do parque tecnológico da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), com a aquisição de novos computadores.

Habitação – No setor de habitação serão construídas 3.077 novas casas. Dentro do ‘Minha Casa, Minha Vida’ serão erguidas 776 unidades sob a responsabilidade da PMJP. Dentro do Programa de Subsídio Habitacional (PSH), serão substituídas residências de taipa ou em situação de risco por outras em alvenaria (2.284), além de projetos específicos de comunidades, com 877 unidades.

Outras iniciativas, segundo Ricardo Coutinho, serão a regularização fundiária de 2.284 casas, além da criação do programa “Professor Digital” e a criação de mais 13 bandas marciais. “Já criamos 17 bandas e agora vamos criar mais 13, além investir mais em instrumentos, uniformes e calçados”, contou o prefeito.

Ainda na educação serão realizados cursos de qualificação de docentes e a Bolsa Universitária. “Vamos implantar em 2010 a Bolsa Universitária para beneficiários do Bolsa família que consigam chegar na universidade pública ou privada. Vamos entrar com um complemento para que essas pessoas possam concluir o 3º grau”, afirmou Ricardo Coutinho, ainda citando o projeto Cidade Digital e a Estação de Leitura, que vai instalar nas praças espaços para que o pessoense tenha acesso a livros, revistas e conteúdo educativo.