Prefeito assina contrato para construção de mais 1.240 casas

Por - em 56

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) vai fechar contrato com a iniciativa privada para a construção de mais 1.240 casas na Capital. A formalização dos termos será assinada pelo prefeito Luciano Agra nesta quarta-feira (2), às 10h, no gabinete do Paço Municipal. São casas do tipo duplex construídas dentro do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. O contrato será assinado com a construtora C3 Empreendimentos Ltda e vai custar mais de R$ 50 milhões.

O empreendimento, batizado de Irmã Dulce A, B e C, vai ser construído no bairro Colinas do Sul e abrigar mais de 4 mil pessoas com renda entre zero a três salários mínimos. O orçamento para o Irmão Dulce A, destinado a 440 casas, é de R$ 18.040.000,00. O Irmã Dulce B, para 480 casas, está orçado em R$ 19.680.000,00 e o Irmão Dulce C, destinado a 320 famílias está orçado em R$ 13.120.000,00.

As casas são do tipo duplex com dois quartos, sala, cozinha e banheiro social. A demanda para este novo conjunto habitacional será tirada dos cadastros realizados na Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab) para o programa habitacional do Governo Federal, ‘Minha Casa. Minha Vida’. Na Capital, já se inscreveram 18.489 pessoas e as inscrições continuam abertas na sede da Semhab, localizada na rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, 121, bairro de Jaguaribe, das 8h às 17h.

Atualmente, está em construção o Residencial Anayde Beiriz, situado no Bairro das Indústrias. O conjunto habitacional, construído dentro do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ na Paraíba, é dotado de infraestrutura que inclui escola, creche e praça. São 584 apartamentos cujo valor total está avaliado em R$ 19.145.408,26.

Cinco mil – A PMJP já entregou cinco mil casas nos últimos cinco anos na Capital. São 2.330 moradias entregues pelo Programa de Subsídio à Habitação (PSH); 461 (entre casas e apartamentos) pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR); 96 apartamentos pelo Programa Habitar Brasil; 250 casas pelo Programa de Habitação de Interesse Social; 1.159 casas pela Resolução 460/FGTS/Crédito Solidário; 77 casas pelo Orçamento Geral da União (OGU); 72 apartamentos pela Outorga Onerosa; 31 casas de Contribuição Social e 524 casas pelo OGU mais Habitação de Interesse Social, totalizando assim 5 mil famílias ou aproximadamente 20 mil pessoas beneficiadas com a casa própria em João Pessoa.