Prefeito atende comunidade em reunião do OD no Alto do Mateus

Por - em 19

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) realizou na noite desta terça-feira (22) mais uma audiência regional do Orçamento Democrático (OD), dessa vez no Alto do Mateus (9ª região). A Escola Estadual Horácio de Almeida recebeu em média 500 moradores da região, que levaram suas reivindicações para o prefeito Luciano Agra e os secretários municipais.

“Na 9ª região, a prefeitura realizou vários benefícios” relatou o coordenador do OD, Tibério Limeira. Entre eles estão a reforma do condomínio Índio Piragibe, a pavimentação e drenagem de 13 ruas na Ilha do Bispo, construção de unidade integrada de saúde para quatro equipes, construção da Unidade de Saúde da Família (USF) Nova Conquista, no Alto do Mateus, implantação do posto de coleta na USF Nova Conquista e iluminação do acesso oeste.

São durante as audiências regionais que a população recebe formulários para a escolha de três prioridades de investimentos a serem implementadas pela prefeitura na região. Os moradores da 9ª região escolheram este ano como prioridades, saúde, geração de emprego e renda e educação.

“Olhar nos olhos de vocês e dialogar, esse é o objetivo da prefeitura ao vir até vocês nas plenárias do OD” revelou o prefeito Luciano Agra, que respondeu as reivindicações da população.

Os moradores do Alto do Mateus colocaram o problema que vem enfrentando com a Rua Noel Rosa, que precisa ser calçada e com o saneamento do bairro. “A Rua Noel Rosa está um matagal, nós reivindicamos a limpeza e calçamento da rua porque precisamos demais e também o saneamento porque os esgotos escorrem a céu aberto” desabafou João Batista, do Alto do Mateus.

Em relação a essa problemática, o prefeito Luciano Agra respondeu que a Rua Noel Rosa será não apenas calçada, mas pavimentada e que a prefeitura, primeiro, precisa drenar a rua. As obras da pavimentação começarão em 15 dias. “Espero vir aqui inaugurar esta rua e acabar com este problema” declarou Agra. E continuou “Já o saneamento básico a prefeitura já fez, está pronto. Falta apenas a Cagepa fazer a ligação. Ontem mesmo tratamos desse assunto e esperamos resolver em pouco tempo”, explicou o prefeito.

Os moradores do Porto do Capim pediram a construção das casas. “Precisamos saber em que pé estão as casas, porque precisamos urgentemente delas”, falou Shirley, moradora do Porto do Capim. O prefeito Luciano Agra explicou que a questão do Porto do Capim é a licença do Patrimônio da União, que precisa sair para que as casas sejam construídas.

A plenária do Alto do Mateus foi encerrada com o prefeito afirmando o compromisso da gestão em resolver os problemas da região e melhorar a vida da população. “Temos bastante subsídio para planejar o que podemos fazer ainda este ano e o que vai entrar nas peças orçamentárias de 2012”, finalizou o prefeito Luciano Agra.

A próxima audiência regional será nesta quinta-feira (24), a partir das 19h, na Escola Municipal Raimundo Nonato, no conjunto Gervásio Maia.