Prefeito dá continuidade à reforma administrativa e anuncia sete novos auxiliares

Por - em 92

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, dá continuidade ao processo de reforma administrativa, iniciado em fevereiro deste ano, em virtude do afastamento dos auxiliares que irão se candidatar nas eleições de outubro, bem como, daqueles que estarão envolvidos diretamente no pleito. Os novos auxiliares tomarão posse na próxima sexta-feira (20), no Centro Administrativo Municipal (CAM). Nos próximos dias, o prefeito anunciará outras mudanças.

Desse modo, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), passa a ser gerenciada pelo advogado Ivan Burity, em substituição a Lucius Fabiani, que deixa o cargo para concorrer a uma vaga na Câmara de João Pessoa. Burity é procurador estadual de carreira, ex-deputado federal e já atuou como presidente da PBtur e também como secretário da Sedurb.

Já a Secretaria de Governo e Articulação Política (Segap) passa a ter o profissional de relações públicas, Ronaldo Guerra, à frente da pasta. Guerra já foi vereador pela cidade de Olinda, suplente de deputado estadual, atuando também como secretário de assuntos Legislativos da Prefeitura, chefe do Gabinete do prefeito e diretor Administrativo Financeiro do Jornal A União.

Como adjunto da Segap, assume o administrador de empresas, Fabrini Caetano, que atuou como executivo na iniciativa privada e também como secretario particular e coordenador da Assessoria Técnica do governador do Estado.

O atual gestor do PAC- João Pessoa, Glauco Oliveira, passará a responder também pela Secretaria Adjunta do Planejamento (Seplan).  Oliveira é engenheiro civil, com pós-graduação em Gerenciamento da Construção Civil, MBA em Gestão de Projetos, e com larga atuação em diversas empresas do mercado nacional de engenharia e construção. É ex-membro da diretoria do Sinduscon.

O professor e advogado Genildo Lucena será o novo secretário adjunto da Educação. Ele foi professor em escolas de Ensino Médio, professor de Direito em faculdades de João Pessoa e Brasília, além de advogado militante e chefe de gabinete da direção-geral do Tribunal Regional do Trabalho 13ª região.

Para a secretaria adjunta da Secretaria da Ciência e Tecnologia (Secitec), irá Laércio Alexandrino, bacharel em Ciências da Computação, atua há mais de 15 anos como projetista de Redes de Computadores e Administrador de Sistemas e está como presidente da Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações (Sucesu-PB).

O economista, com MBA em Economia e Finanças e Desenvolvimento de Altos Executivos, Josean Freire, será o secretário adjunto da Receita (Serem). Ele já foi gerente geral do Banco do Brasil e coordenador administrativo financeiro da Sudema e Codata.