Prefeito de Petrolina vem a JP conhecer programa Empreender

Por - em 32

O Empreender-JP, programa de crédito orientado da Prefeitura de João Pessoa, vai ser tema de uma palestra, ainda este ano, na cidade de Petrolina, interior de Pernambuco. O convite aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), durante a visita do prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), à Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e da Produção (Sedesp), responsável pela criação e implantação do projeto Empreender – JP. Após quatro anos, já foram injetados na economia de João Pessoa o total de R$ 16.272,960,96, beneficiando 7.013 microempresários.

Para Júlio Lóssio, que está na cidade de João Pessoa pela primeira vez, o Empreender retrata a vontade e a necessidade da população de um mecanismo de geração de renda e emprego. “Além de estar encantado com a cidade e de ver de perto a movimentação do turismo e suas potencialidades, constatei que o Empreender – JP significa oportunidade de atender as reais necessidades da população que precisa de apoio e crédito”, falou o prefeito de Petrolina.

Durante a visita desta manhã, o secretário da Sedesp, Raimundo Nunes, fez uma apresentação do projeto Empreender, desde sua implantação até os resultados atuais. “Ainda na primeira gestão do prefeito Ricardo Coutinho, surgiu o interesse de criar uma linha de crédito auto-sustentável que fosse direcionada à criação de pequenos negócios e que atendesse uma parte da população mais carente. Foi a partir desse desejo que hoje o Empreender está ganhando asas e sendo implantado por outras cidades, a exemplo do município de Cajazeiras”, disse Raimundo Nunes.

“O Empreender também está sendo sondado por prefeituras da cidade de Londrina, no Paraná, Osasco, em São Paulo e alguns municípios de Manaus Será uma grande alegria atender todas as solicitações e, ainda este ano, iremos levar o nosso projeto para ser conhecido pela população da cidade de Petrolina”, acrescentou o secretário da Sedesp. “Ao voltar para Petrolina, iniciarei o processo de elaboração junto com a Câmara Municipal e as mais de 70 associações da região”, falou Júlio Lóssio.