Prefeito discute ações voltadas para a pessoa com deficiência

Por - em 21

A criação de uma Coordenadoria Municipal da Pessoa com Deficiência foi o tema da reunião do prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), nesta quarta-feira (1º), com representantes da Associação de Deficientes e Familiares (Asdef), Associação Evangélica de Pessoas com Deficiência da Paraíba (Assedep) e do Instituto dos Cegos da Paraíba. O encontro aconteceu no gabinete do prefeito, no Centro Administrativo Municipal (CAM).

A proposta é que a coordenadoria formule e articule políticas públicas voltadas para os portadores de necessidades especiais e faça a ponte de interlocução entre as secretarias, discutindo as ações que serão executadas em relação às questões das pessoas com deficiência.

Na reunião, também foi sugerida a implantação do passe livre para acompanhantes e a inclusão da gratuidade para deficientes na integração metropolitana. Foram discutidos ainda alguns problemas enfrentados pelos portadores de deficiência na capital, entre eles, a morosidade na entrega da carteira do deficiente por parte da Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC-JP).

O prefeito sinalizou o compromisso de estudar a criação da coordenadoria e se comprometeu em buscar soluções para os outros problemas apontados. Na ocasião, Ricardo Coutinho anunciou que serão investidos mais R$ 2 milhões para a reestruturação das calçadas do Centro Histórico, melhorando a acessibilidade, e a implantação do Empreender SuperAção, uma nova linha de crédito especial voltada à pessoa com deficiência, criada dentro das políticas públicas municipais de inclusão social.

Segundo Francisco Izidoro, presidente da Asdef, a prefeitura municipal tem realizado ações importantíssimas que vem beneficiando os portadores de deficiência da capital, a exemplo do aumento dos ônibus adaptados e da recuperação e desocupação das calçadas. “Agradecemos a essa gestão pelos avanços, mas a questão da acessibilidade era tão precária no nosso município que ainda há muito por se fazer, argumentou.

Representantes das secretarias municipais de Saúde, Educação, Desenvolvimento Sustentável da Produção e Desenvolvimento Social também estiveram presentes, além das vereadoras Sandra Marrocos (PSB), Eliza Virgínia (PPS) e do vereador Ubiratan Pereira de Oliveira – Bira (PSB).