Prefeito discute com ministro Kassab investimentos em Ciência e Tecnologia para a Capital

Por Flávio Asevêdo - em 588

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e o deputado federal, Rômulo Gouveia, recepcionaram o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, no Aeroporto Castro Pinto, na manhã desta sexta-feira (30). Kassab veio para João Pessoa, junto ao senador da República, Cássio Cunha Lima, para realizar a cerimônia de assinatura dos termos aditivos para migração das rádios AM para FM, na Estação das Artes, no Altiplano. Após a solenidade, eles seguem para Campina Grande, para uma agenda com a reitoria da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Ainda no Aeroporto, Luciano Cartaxo, Gilberto Kassab, Cássio Cunha Lima e Rômulo Gouveia se reuniram na superintendência onde dialogaram sobre a agenda da visita do ministro às duas cidades paraibanas e os investimentos na área de Ciência, Tecnologia e Comunicações importantes para a Capital paraibana. “Essa migração das rádios AM para FM é muito importante, pois representa a sobrevivência dessas rádios e também permitir a sua expansão e modernização”, disse Luciano.

Este é o sétimo mutirão estadual de assinaturas para migração das rádios. E, na Paraíba, são emissoras de Patos, Picuí, Campina Grande, Bananeiras e Mamanguape que estão assinando os termos aditivos. Depois disso, as rádios devem apresentar um projeto técnico de instalação da FM à Secretaria de Radiodifusão e solicitar à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a autorização de uso da radiofrequência. A partir da liberação, os veículos já podem começar a transmitir a programação na nova faixa.

A mudança de frequência era uma reivindicação das emissoras AM de todo o País, que sofrem com a perda de qualidade do sinal, de audiência e de faturamento. Ela vai atender uma população de 25 milhões de pessoas com um serviço de mais qualidade e que impacta diretamente em áreas importantes como Educação e Saúde. “Essa migração não é apenas uma mudança no campo tecnológico. Ela vai trazer aos radiodifusores confiança para investir, vai gerar a consolidação dos atuais empregos e a oportunidade de novas contratações”, disse o ministro.

“É um evento muito importante onde os paraibanos vão contar com 28 rádios que vão oferecer um serviço de melhor qualidade, um som de melhor qualidade com a diminuição das interferências que acontecem na frequência AM, e com isso ganha a qualidade dos serviços prestados”, afirmou o ministro.