Prefeito diz que Escola Nota 10 fortalece educação municipal

Por - em 26

O prefeito Ricardo Coutinho assinou decreto nesta terça-feira (26) instituindo a segunda edição do prêmio Escola Nota 10. A solenidade aconteceu no auditório da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Arte e contou com a presença da secretária de Educação, Ariane Sá, e de diretores e professores das escolas municipais. Este prêmio busca a valorização do desempenho da aprendizagem dos alunos, premiando os educadores e funcionários das escolas que conseguirem um bom resultado.

Ricardo Coutinho disse que o município surpreendeu a todos na área da Educação, pois em 2009, 70% das escolas obtiveram notas entre 6 e 9, números considerados satisfatórios, conseguindo qualificar o ensino e melhorar a aprendizagem. “Além deste prêmio estamos ainda investindo em obras. São três novas escolas em construção e João Pessoa chega à marca de 338 novas salas construídas”, comemora.

Em nível nacional, João Pessoa também vem se destacando. Em 2009, obteve o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica referente ao previsto para 2021. O prefeito Ricardo Coutinho elencou também outros projetos que mostram a atenção da atual gestão com a educação. “Implantamos ainda o estudante destaque, em que já premiamos alunos com 300 computadores, ‘O ano cultural’, ‘O futuro visita o passado’, entre outros”, disse.

Diretrizes – Antes da assinatura do decreto pelo prefeito, a secretária de Educação, Ariane Sá, traçou as novas diretrizes para a educação municipal neste ano de 2010. Estavam presentes gestores, coordenadores, especialistas em educação, professores e muitos envolvidos na área. Foram abordados os seguintes temas: matrícula, organização de turmas, educação infantil e fundamental, especial para jovens e adultos, entre outros. Todos puderam tirar dúvidas a respeito do funcionamento de cada diretriz.

Com o prêmio ‘Escola Nota 10’, a expectativa é que professores, gestores e alunos estejam mais empenhados em elevar os índices educacionais. A avaliação que culminará no Índice de Excelência em Educação contempla seis indicadores: regularidade de documentos escolares; cumprimento de conservação do patrimônio; cumprimento de metas de economia de material de custeio; atividades transdisciplinares; frequência dos trabalhadores da educação na formação continuada e aprendizagem dos alunos. Como resultado para o prêmio, os gestores e servidores da Secretaria de Educação e Cultura do Município (Sedec) têm a possibilidade de receber o equivalente a um 14º salário.

O Escola Nota 10 acontecerá em todas as escolas que integram a rede municipal de ensino, exceto os Centros de Referência em Educação Infantil (Creis), sendo de caráter obrigatório. O Índice de Excelência em Educação também permitirá a comparação com as avaliações nacionais (SAEB e IDEB), e servirá como critério de acompanhamento das metas necessárias a serem atingidas pela rede municipal, para a efetiva operacionalização do processo educativo.