Prefeito entrega R$ 737 mil em contratos e destaca potencial empreendedor na Capital

Por - em 335

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou nesta segunda-feira (8), dentro da política local de geração de emprego e renda, 219 cheques do Empreender-JP no valor total de R$ 737.700. A solenidade aconteceu no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de João Pessoa (CDL-JP). No evento, que marca o início das comemorações dos cem dias de governo, o prefeito anunciou a ampliação do crédito do programa e a criação de novas linhas.

“Estamos buscando desenvolver o potencial empreendedor das pessoas e impulsionar a microeconomia da cidade, apresentando uma mudança de foco no Empreender-JP. Com o programa Território Empreendedor, estamos buscando as pessoas em suas comunidades, identificando suas habilidades, o seu potencial, para capacitá-las e liberar o crédito. É uma busca ativa. Muitas pessoas não sabem como o programa funciona e esta é uma oportunidade delas serem atendidas”, afirmou Luciano Cartaxo.

De acordo com o prefeito, o Território Empreendedor vai atender 26 comunidades, mas o trabalho não vai parar por aí. A meta é criar uma agência financeira para dispor de mais recursos. “Queremos dar passos largos na ampliação do microcrédito. Já conversamos com o Banco do Brasil e com o BNDES para a formação de parceria com estas instituições”, destacou.

Capacidade em dobro – Segundo o secretário do Trabalho, Produção e Renda, Raimundo Nunes, a meta da secretaria é fazer em quatro anos mais do que já foi feito. “O Empreender-JP já liberou mais de sete mil contratos desde sua criação. Agora queremos atingir os oito mil, nos próximos quatro anos”, destacou ele.

Conforme Raimundo Nunes, as equipes da secretaria já visitaram as cinco primeiras comunidades do programa Território Empreender – Timbó (Bancários), Tito Silva (Miramar), Mata do Buraquinho (Rangel), Saturnino de Brito (Cruz das Armas) e Vila Japonesa (Jardim Treze de Maio).

“Já temos alguns resultados destas visitas. No Timbó, por exemplo, 134 pessoas apresentaram o desejo de empreender. Nas próximas semanas teremos a consolidação dos dados das demais comunidades visitadas”, afirmou ele.

Beneficiados – A aposentada Maria das Dores Sales recebeu seu quarto cheque do Empreender-JP. “Estou muito satisfeita com o programa. Eu trabalho com a venda de cosméticos há dez anos e o crédito que recebo do Empreender-JP tem sido fundamental para mim porque compro minhas mercadorias à vista e posso receber parcelado dos meus clientes”.

Já o design José Valdir de Souza tirou seu primeiro empréstimo no programa. “Eu trabalho com a realização de cartões de visita e banner, entre outras coisas, e estava precisando ampliar meu negócio. Agora vou poder comprar máquinas e materiais necessários para este crescimento”.
Dona de uma pequena mercearia, Luciana Barros vai garantir a compra de seus produtos sem ter que arcar com as taxas altas dos bancos. “Prefiro procurar o Empreender-JP porque, além de possuir taxas menores, nos capacita em como empregar o dinheiro”.

Com recursos da linha Cinturão Verde, que atende os pequenos produtores rurais, Egna Chaves vai investir na sua horta. “Eu e meu marido produzimos alimentos agroecológicos. Ele já pegou um empréstimo e agora é a minha vez. O Empreender-JP é um grande incentivo para nós!”, ressaltou ela.

Linha de Crédito Contratos Valor
Tradicional 115 R$ 396.900
Cinquenta Mais   40 R$ 119.100
Mercados Públicos     7 R$   27.600
Capital de Giro     7 R$   40.000
Empreender Jovem     2 R$     9.000
Empreender Mulher     5 R$   14.900
Grupos Comunitários     1 R$     4.700
Empreender Solidário   27 R$    31.500
Cinturão Verde   13 R$   82.000
Superação     2 R$   12.000
Total 219 R$ 737.700