Prefeitura entrega Residencial Anayde Beiriz e beneficia 584 famílias carentes

Por - em 145

“Estamos entregando 584 unidades habitacionais hoje, beneficiando 1.324 pessoas, mas nossa meta é chegar aos 10 mil imóveis entregues até o final deste ano”, afirmou o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, na cerimônia de entrega das chaves do Residencial Anayde Beiriz, no bairro das Indústrias, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (29). O projeto faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida, executado em parceria com o Governo Federal. O prefeito esteve acompanhado dos secretários municipais, vereadores e do superintendente da Caixa Econômica Federal na Paraíba, Elan Miranda.

“Com mais este conjunto residencial, já entregamos 2,2 mil unidades habitacionais desde 2010, mas considerando o período desde 2006, já vamos com 6.516 unidades”, disse o prefeito. De acordo com ele, a meta é que as mais de sete mil unidades em construção atualmente sejam concluídas até o final de 2012.

Luciano Agra destacou que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) segue firme na execução de políticas públicas para população de baixa renda, concedendo às pessoas dignidade e qualidade de vida. “Este projeto não trata apenas de construção de casas, mas de dar infraestrutura aos moradores, com rede de abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação e energia elétrica, além de atendimento em saúde e educação. Toda a estrutura foi construída com base na acessibilidade, pensando naqueles com dificuldade de locomoção”, ressaltou o prefeito.

Educação e saúde – O prefeito convidou as mães presentes a matricularem seus filhos na Escola Municipal Linaldo Cavalcanti, construída ao redor do residencial, especialmente para as crianças da comunidade. Além disso, os moradores terão acesso, nas imediações, a um Centro de Referência em Educação Infantil (Crei), três escolas municipais, uma estadual, uma profissionalizante (do Senai), além do Mercado Público de Oitizeiro e de supermercados e várias indústrias.

Na área de saúde, a população será beneficiada com seis unidades, sendo uma localizada apenas a 150 metros de distância do residencial. Há também fácil acesso à Maternidade Frei Damião (Cruz das Armas) e ao Hospital Infantil Dr. João Soares (Jaguaribe).

A presidente da Companhia de Habitação Popular (Cehap) do Estado, Emília Correia, que representou o governador Ricardo Coutinho, também ficou emocionada com a entrega das residências. Ela também esteve à frente do projeto pela PMJP enquanto secretária de Habitação, no ano de 2009.

O superintendente da Caixa Econômica Federal (CEF), Elan Miranda, disse que a entidade continua cumprindo sua função na área habitacional do País. “Este é um momento de muita alegria, porque estamos trabalhando pela qualidade de vida das pessoas. A Caixa financia 80% do crédito imobiliário do País e queremos continuar esta parceria com a PMJP”.

Estrutura – O Residencial Anayde Beiriz está orçado em R$ 19.661.109,39, pelo programa Minha Casa, Minha Vida. A PMJP doou o terreno, adquirido de propriedade privada e transformado em Zona Especial de Interesse Social (Zeis), além da construção da infraestrutura ao redor. “É por meio das Zeis que trabalhamos nossa política de habitação, porque, para construir, é preciso haver espaços adequados”, explicou o prefeito.

Os imóveis estão situados no Bairro das Indústrias e os 584 apartamentos estão em 73 blocos distribuídos em 10 condomínios que compõem as nove quadras do complexo. Cada bloco é composto por oito unidades habitacionais, sendo quatro no térreo e quatro no primeiro piso. As unidades possuem 41,44 metros quadrados de área privativa, composta de uma sala de estar e de jantar, dois quartos, um banheiro social, cozinha e área de serviço. “Toda nossa equipe se empenhou muito para que tudo fosse feito com qualidade”, afirmou o secretário de Habitação, José Guilherme.

Casa própria – Maria José Dario recebeu a chave de sua casa das mãos do prefeito e disse estar muito agradecida de ter seu imóvel. O mesmo disse Adailton Rufo, que vai construir uma nova vida ao lado da esposa Sueli. “Agradeço ao prefeito Luciano Agra por ter feito este trabalho maravilhoso e realizado meu sonho. Eu sinto que faço parte da Prefeitura, depois de ter sido beneficiado com este projeto”.

Outra família beneficiada com o projeto de habitação da PMJP foi o casal Edinaldo e Maria Pereira. “Nós agora vamos deixar o aluguel e viver em uma casa nossa”, disse ele. Já Maria, animada, falou que vai providenciar tudo para a mudança. “Nós e nossos filhos vamos ser felizes aqui”, comemorou ela.

Homenagem – O nome do residencial é uma homenagem à professora e poetisa Anayde Beiriz, que viveu à frente do seu tempo na década de 1920. A sobrinha da poetisa, Ielmita Beiriz, esteve presente na solenidade e agradeceu à homenagem para sua tia. Esta referência à figura feminina também é vista na concessão de posse das casas. Dos 584 imóveis, 444 estão em nome de mulheres como chefes de família.

Mais imóveis – De acordo com o secretário de Habitação, José Guilherme, no próximo dia 14 de abril, serão entregues outras 96 unidades habitacionais na comunidade Ilha do Bispo, pelo PAC Sanhauá.  “Nesta primeira etapa vamos contemplar as famílias mais vulneráveis, mas o projeto comporta a construção de 288 imóveis”.

Já no mês de junho está programada a entrega de 1.240 casas na comunidade Irmã Dulce, no Colinas do Sul. O empreendimento é pelo Minha Casa, Minha Vida. Pelo programa habitacional já foram entregues 828 unidades do Residencial Manacá em dezembro do ano passado.