Prefeito entrega USF e prevê novos equipamentos em 2008

Por - em 41

A Unidade Integrada de Saúde da Família (USF) ‘Saúde e Vida’, no bairro Ernani Sátiro, foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (10). Pelo menos outras sete, com a mesma padronização, serão entregues neste ano. Na ocasião, o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) reforçou que a humanização do atendimento e as melhorias permanentes na infra-estrutura do serviço são as prioridades de investimento para o setor.

“A humanização do atendimento é o que muda realmente o antigo perfil da saúde. Também priorizamos as condições de infra-estrutura das instalações e em junho chegaremos a mais 62 equipes dispostas e funcionando”, disse.

Mais obras – Ao falar sobre a política de recuperação e construção de melhores espaços para a instalação de equipamentos públicos de saúde, o prefeito ainda citou outras obras que estão em andamento. Entre elas figuram o Ortotrauma, a reforma do Hospital Santa Isabel e a abertura do Complexo Hospitalar Humberto da Nóbrega. Esse último deve ser entregue à população em junho.

Neste mês, mais sete USFs serão inauguradas. Os equipamentos estarão distribuídos nos seguintes bairros: Cristo Redentor (Rua Dom Bosco); Mangabeira II (Rua Roseana Fátima Clemente); Cidade Verde (Rua José Eustáquio da Fonseca); Paratibe (Rua Oscar Lopes Machado); Colinas do Sul (Loteamento Gervásio Maia/Grotão); Jardim Veneza (Rua Escritor Joaquim da Silva), além do Valentina Figueiredo (Rua São Luís).

Avanços – A secretária de Saúde, Roseana Meira, também lembrou os avanços da atual gestão. “De 2006 até junho deste ano, serão 16 USFs inauguradas. Em 2008, pretendemos entregar a reforma do Hospital de Mangabeira e a construção do Ortotrauma”, citou. “Até o 25 deste mês, entregaremos também o Capsi (Centro de Atendimento Psicossocial Infantil). E, até o final deste ano, deve começar a funcionar o Caps-AD (Centro de Atendimento Psicossocial Anti-drogas). Paralelamente, estamos trabalhando a questão da humanização do atendimento junto com os profissionais”, garantiu.

A Unidade
– A USF do Ernani Sátiro vai beneficiar cinco mil famílias, incluindo pessoas do bairro, além de pacientes do Esplanada I e II e do Jardim Sepol. Isso corresponde a cerca de 20 mil usuários. A obra custou mais de R$ 361 mil e foi construída com recursos próprios da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).

No prédio, vão funcionar quatro equipes integradas de saúde da família. Os profissionais realizarão serviços de atenção básica à saúde, como clínica geral, enfermagem, odontologia, vacinas, diabetes, hipertensão, exames laboratoriais, distribuição de medicamentos, visitas domiciliares, ações coletivas e acolhimento, que é uma escuta qualificada dos usuários que buscam atendimento na Unidade.