Prefeito garante 10% para professores e benefício para agentes de mobilidade

Por - em 174

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, concedeu, na manhã desta segunda-feira (25), benefícios para duas categorias do serviço público municipal. O ato garantiu um reajuste de 10% no piso salarial para os professores da Secretaria Municipal da Educação e Cultura (Sedec), além do pagamento do 14º salário aos agentes de mobilidade urbana que se destacaram em suas funções. A solenidade foi realizada no Paço Municipal, no Centro da Capital.

“Estamos trabalhando com uma política que valoriza os servidores, que são quem realmente garantem o sucesso e a qualidade da administração”, declarou Luciano. Ele ainda destacou que é papel do prefeito buscar o diálogo com as categorias. “Sempre deixei claro que não pretendia governar a cidade sozinho, por isso o diálogo tem sido uma marca da gestão. Ouvir o que as categorias tem a dizer é o primeiro passo para tomar decisões que sejam positivas para todos e, dessa forma, alcançar bons resultados. Para a população, o que importa é a prestação de um serviço de qualidade”, defendeu.

O secretário Municipal de Educação, Luís Júnior, destacou a força do diálogo para definição do aumento. “Sentamos com a categoria e colocamos os dados na mesa. A partir disso chegamos a uma decisão que foi aceita por todos. Estamos concedendo um reajuste maior que a inflação e que vai fazer o salário-base superar o que é pago pelo Governo Federal. É importante valorizar os professores para que a profissão possa atrair quadros competentes”, defendeu.

O foco na valorização profissional também foi destacado por Nilton Pereira, da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob). “São poucos os governos que conseguem implantar a meritocracia como critério para definir a remuneração. Até o ano passado éramos a única cidade a pagar os servidores de acordo com o serviço que foi prestado à sociedade”, destacou.

Reajuste – O prefeito assinou uma Medida Provisória, que garante a aplicação do novo percentual para o magistério. A ação representa um acréscimo ao salário-base da categoria, que recebe, em média, R$ 2.020, quando se soma o salário da licenciatura às gratificações. Com a medida, a Prefeitura passa a destinar mais R$ 12 milhões na remuneração do magistrado anualmente.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação, Daniel de Assis, aprovou o gesto. “É muito importante ter um governante que abra as portas para a negociação. O prefeito teve a ação democrática de nos receber em audiência, observar as nossas reivindicações e dar andamento para atendê-las. Foi dessa forma que pudemos construir um reajuste possível para os cofres públicos e que agradou os profissionais”, relatou.

14 º salário – Outros servidores que receberam benefícios foram os agentes de mobilidade urbana. Cumprindo o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria, o prefeito Luciano Cartaxo anunciou o pagamento do prêmio. A renda extra será paga a 45 agentes, que se destacaram no exercício da função.

O agente Onézmio Félix representou a categoria na mesa da solenidade e agradeceu o reconhecimento do trabalho. “Nos sentimos recompensados pelo nosso trabalho. É um reconhecimento àqueles que realmente vestem a camisa e se dedicam a cumprir a missão da instituição”, afirmou.

O primeiro colocado na lista de premiados foi o agente Jairo Batista. “Essa premiação valoriza quem realmente veste a farda da empresa, quem se dedica e cumpre rigorosamente as determinações do órgão”, afirmou.

Para definir os servidores beneficiados, foi analisado o desempenho dos servidores durante todo o ano de 2012. No decorrer do ano, uma comissão avalia o desempenho do trabalho desenvolvido em campo. Após a conclusão do processo de apuração, a comissão classifica os agentes de que obtiveram uma atuação de destaque. Os critérios utilizados são a disciplina e idoneidade, a eficiência, a iniciativa, a assiduidade e pontualidade, a administração de conflitos nas ruas, o relacionamento e interação.

Valorização do servidor – Dentro da política de valorização do servidor, o prefeito Luciano Cartaxo já contemplou diversas categorias. Ele concedeu reajuste de 7,79% para a categoria do Fisco e garantiu o pagamento do 14° salário aos profissionais de educação. Garante ainda, desde janeiro, o pagamento com base no novo valor do salário mínimo e o salário família para quem ganha até R$ 915,05 e o da hora extra, no valor de R$ 4,62.