Prefeito inaugura Cras e anuncia outros dois e construção de praça

Por - em 62

A nova sede do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) do Alto do Mateus foi inaugurada no final da manhã desta quarta-feira (21). Durante a solenidade, o prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), anunciou a entrega de outros dois equipamentos semelhantes, reformados e padronizados, para a Capital. A construção, em breve, de uma praça para a população do bairro foi outro investimento destacado pelo prefeito.

Ricardo Coutinho ressaltou que todas as ações municipais focalizam sempre as principais necessidades e potencialidades diagnosticadas dentro de cada comunidade. “Estamos fazendo coisas simples e estratégicas para o setor público, que é a qualificação. Só no ano passado, foram 700 pessoas do Bolsa Família que participaram de curso de capacitação”, observou. “Por meio desse Cras, por exemplo, também vamos instalar o Núcleo de Produção e Confecções para gerar renda”, acrescentou.

O prefeito lembrou outras ações ligadas à assistência social, que vão acontecer ainda este ano, como a reforma e padronização dos Cras que irão atender as comunidades do Bairro São José/Chatuba e do Colinas do Sul. Durante discurso, ele anunciou ainda que dentro de poucos dias será concluída a licitação para construção de uma grande praça padronizada no Alto do Mateus, semelhante à Praça da Paz, no Bairro dos Bancários. “Será de grande importância para o enfrentamento das tensões sociais e melhoria da qualidade de vida da população”, disse Ricardo Coutinho.

Ao falar sobre a nova sede do Cras do Alto do Mateus, o secretário de Desenvolvimento Social (Sedes), Alexandre Urquiza, lembrou a inauguração de equipamento semelhante na Ilha do Bispo. “Em setembro do ano passado, o ministro de Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Patrus Ananias, veio para a inauguração do Cras da Ilha do Bispo e, na oportunidade, disse que o equipamento deveria ser instalado em todo o país”, afirmou. “Nós aqui estamos seguindo completamente o que está previsto na Lei Orgânica da Assistência Social. Isso mostra a sensibilidade dessa gestão”, completou.

Alexandre Urquiza lembrou ainda que o Cras é uma porta de entrada da população para a assistência social do Município. No local, são atendidas pessoas de diversas faixas etárias e sob várias formas de proteção. O equipamento do Alto do Mateus, que agora passa a ter nova sede padronizada, acompanha 1.000 famílias e referencia cerca de 5 mil.

O Cras do Alto do Mateus oferece serviço psicossocial às famílias, acompanhamento de diversos grupos locais, monitoramento através de atendimento individual e visita domiciliar, além de encaminhamento para programas sociais e da rede municipais da região. Depois da inauguração, o espaço vai abrigar uma turma de 50 jovens do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem), que terá acesso às atividades sócio-educativas.