Prefeito inaugura Mercado da Torre e destaca importância da obra

Por - em 880

Mercado_Torre_Entrega_parte2_Foto_RafaelQueiroz (9)Um espaço confortável, apropriado para as compras e de convivência para a população. Essas são as características do novo Mercado Joaquim Torres, no bairro da Torre. O mercado, um dos mais tradicionais da Capital, está sendo totalmente reformado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e teve a segunda etapa da obra entregue na manhã desta segunda-feira (25) pelo prefeito Luciano Cartaxo. Só nesta etapa, foi investida a quantia de R$ 1,4 milhão.

“Esta é mais uma prova do nosso compromisso com a cidade de João Pessoa. A Torre é um misto de bairro comercial e residencial, e o Mercado Público possui uma grande simbologia”, destacou o prefeito Luciano Cartaxo. “Estamos fazendo um grande esforço para devolver este equipamento para a população e que ele possa voltar a receber a todos com muita comodidade”, complementou.

A obra foi recebida com satisfação pelos comerciantes, como é o caso de Cresciano Alves, de 77 anos, vendedor no Mercado da Torre há 39 anos. “Melhorou muito a estrutura, a limpeza. Muda a visão da gente e dos clientes, parece mais um shopping. Nunca vi este mercado desse jeito, ficou uma beleza, um encanto”, avaliou.Mercado_Torre_Entrega_parte2_Foto_RafaelQueiroz (3)

Para os clientes, a reforma também veio em boa hora. “É no mercado que a gente procura nossos alimentos e é muito importante que esteja tudo limpo, arrumado, senão, nem temos a segurança de comprar e levar para a família”, afirmou a professora Marta Moreira. “Agora está tudo bonito, dá gosto de comprar no mercado”, complementou.

Intervenções – Nesta segunda etapa, a Prefeitura de João Pessoa entregou todo o pavilhão central do mercado, além de 49 boxes dos blocos C e D, onde estão localizados os setores de cereais, rações e especialidades diversas. O setor precisou ser totalmente demolido e reconstruído, passando a atender todas as normas da Vigilância Sanitária.

O projeto de reforma do Mercado da Torre contemplou a restauração da parte interna e externa da unidade, desde a coberta, piso, drenagem, rede de esgoto, parte hidráulica e elétrica, além de vagas para estacionamento e área para carga e descarga. O espaço ganhou, entre outros itens, revestimento em cerâmica, estrutura metálica anticorrosiva e bancadas de granito. Os boxes entregues possuem tamanhos de 19 metros quadrados (m²), 12m² ou 9m².

Mercado_Torre_Entrega_parte2_Foto_RafaelQueiroz (10)De acordo com o secretário municipal do Desenvolvimento Urbano, João Almeida, o espaço tem sido transformado dentro da política municipal de revitalização dos mercados públicos. “Queremos que os mercados estejam limpos, confortáveis e prontos para serem um lugar para as transações comerciais, mas também para o encontro das pessoas”, afirmou.

Sorteio – A distribuição dos boxes será realizada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano por meio de sorteio. De acordo com o chefe da Divisão de abastecimento Alimentar, Antônio Cunha, o sorteio terá a participação de comerciantes que já trabalhavam no Mercado da Torre ou daqueles que foram relocados de outras áreas da cidade. “Todos precisam estar com a documentação em dia e devidamente cadastrados junto à Secretaria”, ressaltou.

Outras etapas – Ainda em 2013, o prefeito Luciano Cartaxo inaugurou a primeira etapa da reforma do Mercado da Torre. Na ocasião, foram entregues à população a primeira parte do bloco D e o bloco E, que comportam 67 boxes destinados à venda de carnes, peixes, frios, laticínios e cereais.

As terceira e quarta etapas da obra ocorrem de forma simultânea. A terceira etapa contempla a construção da praça de alimentação e o setor de frutas e verduras, já a quarta, se refere ao bloco tombado pelo Patrimônio Histórico. No total, a Prefeitura Municipal de João Pessoa está investindo mais de R$ 8,7 milhões para devolver o mercado à população.Mercado_Torre_Entrega_parte2_Foto_RafaelQueiroz (5)

O Mercado – O Mercado da Torre foi fundado em 30 de novembro de 1962 e nunca havia passado por qualquer reforma.  O local possui área total de cinco mil metros quadrados e, com a finalização das obras, terá estrutura para atender 240 comerciantes.