Prefeito inaugura USF Integrada na comunidade do Alto do Céu

Por - em 46

O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) entregou, na manhã desta quarta-feira (3), a sexta Unidade de Saúde da Família (USF) Integrada, construída com recursos próprios do Município (R$ 397.154,87). Moradores do Alto do Céu, membros da gestão e políticos participaram da inauguração do prédio, que vai abrigar quatro equipes de saúde, responsáveis pelo acompanhamento de até 18 mil pessoas.

Representantes do bairro e dos profissionais de saúde, que atendiam em estruturas precárias na localidade, afirmaram que a obra trouxe mais dignidade à população e possibilitará um atendimento mais humanizado e eficaz, na atenção básica, que é a porta de entrada para a rede pública de saúde.

Serviço melhor
– O prefeito Ricardo Coutinho reconheceu que ainda há muito o que fazer na área de saúde e lembrou que o Município tem recursos limitados e tudo passa por um planejamento. “Ao longo dos últimos 40 anos, vimos perpetuar o conceito de que o que é público não presta. Na saúde não é possível fazer diferenciação entre o público e privado. É preciso oferecer o melhor serviço, porque a gente lida com vidas. Quando assumimos a Prefeitura, havia 180 equipes de Saúde da Família sem condições de trabalhar. Uma das unidades não tinha sequer água encanada. Instalamos 103 consultórios odontológicos em seis meses. Estamos mudando essa situação. Hoje, digo sem medo de errar, que João Pessoa tem as melhores unidades do PSF do Brasil”, disse.

Ele lembrou que outras ações estão em andamento e vão melhorar a saúde na Capital, como a construção do Ortotrauma, da UTI do Santa Isabel e da adequação do Hospital Humberto Nóbrega, em Mangabeira. Além disso, outras nove USF Integradas, como a do Alto do Céu, estão sendo construídas na cidade, melhorando a atenção básica à saúde.

Respeito
– A secretária de Saúde, Roseana Meira, disse que até os primeiros meses do próximo ano, a cidade terá 15 novos prédios, beneficiando 60 das 180 equipes do PSF. O investimento é de aproximadamente R$ 8 milhões. Ela disse que o projeto da gestão é tratar a saúde com mais responsabilidade e respeito e que isso passa pela mudança de práticas que beneficiavam a poucos e não visava o cuidado com o cidadão.

Profissionais valorizados
– A médica Ozete da Cunha não escondia a satisfação de trabalhar no novo prédio. “A casa onde funcionava a equipe 3 tinha quatro cômodos e a gente precisava marcar hora com o paciente, porque a casa ficava superlotada só com 16 pessoas. Não havia nenhum conforto, pelo contrário. Além disso, a casa era tão baixa, que quem era um pouco mais alto tinha que andar curvado para não bater no teto”, contou.

“Me sinto mais feliz e valorizada nesse novo consultório. A gente é consciente e sempre faz o melhor que pode, mas com essa estrutura nos sentimos mais valorizados e mais felizes, porque temos condições de atender melhor”, completou a dentista Maria de Fátima Gomes.

Comunidade satisfeita
– A moradora Josivane da Silva e seus três filhos dependem da saúde pública e foi conferir a nova estrutura. “É tudo muito diferente. É limpo e organizado. Com certeza, a gente se sente bem melhor num lugar desses. Dá mais gosto”, observou. A delegada do Orçamento Democrático, Alda dos Santos, disse que a obra foi pedida pela população e atendida pelo prefeito. “Esse é o resultado de quem acreditou e acredita na administração”, disse.

Estrutura – Cada USF Integrada tem quatro gabinetes odontológicos, quatro consultórios médicos e quatro de enfermagem, salas de vacina e curativo, almoxarifado, copa, farmácia, duas baterias de banheiros (um deles adaptado a deficientes), salas de espera e de higienização, administração, câmara de lixo, recepção e registro. As equipes cobrem famílias que habitam em um raio de um quilômetro de distância do prédio, seguindo a orientação do Ministério da Saúde.

Novos prédios do modelo USF Integrada
Cidade Verde (Mangabeira)
Cristo Redentor (Rua Sérgio Lima)
Mangabeira IV (Rua Jorge Ramos)
Treze de Maio (Rua Maria Dias de Oliveira)
Alto do Mateus (Rua Joca Velho com Francisco José das Neves)
Alto do Céu, em Mandacaru (Rua Porfírio Ribeiro)

Concluídas
São José/Chatuba (Rua Vigolvino Florentino Costa)
Ernani Sátyro (Rua Clênio Batista dos Anjos)

Em execução
Cristo Redentor – 2ª unidade (Rua Dom Bosco)
Mangabeira II – 2ª unidade (Rua Roseane Fátima Clemente)
Cidade Verde – 2ª unidade (próximo ao terminal de ônibus)
Colinas do Sul (loteamento Parque Sul)
Jardim Veneza (loteamento)
Paratibe
Planalto Boa Esperança (Valentina Figueiredo)