Luciano Agra decreta três dias de luto pela morte de Ronaldo Cunha Lima

Por - em 43

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, decreta neste sábado (7) luto oficial por três dias em toda a Capital, em sinal de pesar pela morte do ex-governador da Paraíba, o político e poeta Ronaldo Cunha Lima. Neste período, os pavilhões nacional e municipal serão hasteados à meia-verga em todas as repartições públicas municipais.

“É uma perda irreparável para a história política e administrativa da Paraíba. Ronaldo contribuiu muito para o desenvolvimento do nosso Estado, tanto no papel de homem público quanto no de artista. A Paraíba se despede não só do político e administrador, mas de um dos nossos mais expoentes poetas”, ressaltou Agra.

Ronaldo Cunha Lima morreu na manhã deste sábado, aos 76 anos de idade, em decorrência de um câncer de pulmão.

Foi breve, muito breve, a nossa história

Foi breve, muito breve, a nossa história,
Mas o bastante para ser lembrada
Como história de amor que foi marcada
Por sua posição contraditória.

Foi curta, muito curta, a trajetória,
Mas bela, muito bela, a caminhada.
É uma pena que ninguém fez nada
Para impedir que fosse transitória.

O tempo foi detalhe nos instantes
E os instantes, moldura dos amantes,
Parecendo real, mas ilusória.

E o tempo na lembrança nos escreve:
Nossa história de amor foi muito breve,
Mas o bastante pra fazer história.

Ronaldo Cunha Lima, 18 de março de 1936 – 7 de julho de 2012