Prefeito participa de oficina da Secretaria Nacional de Habitação

Por - em 18

Técnicos de vários municípios paraibanos estiveram reunidos durante toda esta quinta-feira (23), na Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes para participar da “Oficina de Capacitação e Elaboração de Planos Locais e Habitação de Interesses Sociais”. O evento, promovido pela Secretaria Nacional de Habitação e Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Habitação Social (SEMHAB), teve a presença do prefeito Ricardo Coutinho.

A Secretária Municipal de Habitação Social de João Pessoa, Emília Correia Lima, explicou que as oficinas são de fundamental importância para os municípios, uma vez que algumas cidades estavam com dificuldades para organizar seus planejamentos. “Isso também fará com que eles tenham mais condições de operacionalizar suas ações”, completou.

João Pessoa é um exemplo em programas de habitação em todo o país. A política de habitação social implantada pelo prefeito Ricardo Coutinho (PSB) foi avaliada como modelo para o Brasil, durante um painel apresentado por Ricardo, em fevereiro deste ano, dentro da programação do Encontro Nacional de Prefeitos, realizado em Brasília. Cerca de 5 mil casas já foram entregues na capital desde 2005, com destaque para o Residencial Gervásio Maia, que recebeu um prêmio da Caixa Econômica Federal.

Oficina – O evento prosseguiu à tarde com a presença do prefeito Ricardo Coutinho, que compôs a mesa juntamente com a Diretora de Desenvolvimento Institucional e Cooperação Técnica da Secretaria Nacional de Habitação/ Ministério das Cidades, Junia Santa Rosa; o Superintendente Regional da Caixa (Gidur/JP), Élan Miranda; o presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular da Paraíba (Cheap), Carlos Mangueira e Emília Correia Lima, secretária da SMHSJP.

A Diretora de Desenvolvimento Institucional e Cooperação Técnica da Secretaria Nacional de Habitação, Junia Santa Rosa, disse que a escolha em promover essas oficinas de capacitação em João Pessoa se deve ao fato de que a Paraíba é o Estado em que há um maior número de contratos. “São 123 municípios concorrendo ao Plano Local e Nacional de Habitação”, disse.

Participaram do evento, técnicos que têm contratos assinados para elaboração de PLHIS; técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF), que estão em contato direto com as prefeituras e atuam diretamente com as análises dos Termos de Referência e produtos dos PLHIS; representantes e técnicos do Governo do Estado que trabalham na área habitacional e/ou de desenvolvimento urbano, responsáveis pelo desenvolvimento do Plano Estadual de Habitação, e atores responsáveis pelo controle social dos PLHIS, em especial, membros dos Conselhos Gestores de Fundos de Habitação de Interesse Social.

O primeiro dia do evento contou ainda com a participação da consultora Rosana Denaldi (UFABC), que falou sobre os Conteúdos e Etapas de elaboração dos PLHIS (Metodologia Participativa). As palestras prosseguem até esta sexta-feira (24), com a continuação das exposições de Rosana Denaldi sobre o Dignóstico do Setor Habitacional e as Estratégias de Ação do PLHIS. O evento finalizará com o debate e esclarecimentos de dúvidas com os participantes.

Confira a programação:

24 DE JULHO – SEXTA-FEIRA

9h00
– Chegada dos participantes – Local: Auditório da Estação Cabo Branco- Ciência, Cultura e Artes
– Conteúdos e Etapas de elaboração dos PLHIS:Diagnóstico do Setor Habitacional (parte II) – Rosana Denaldi (UFABC)

10h30
– Conteúdos e Etapas de elaboração dos PLHIS: Estratégias de Ação – Rosana Denaldi (UFABC)

11h30
– Debate/esclarecimentos de dúvidas

12h30
– Coffee Break – Local: Restaurante Panorâmico

13h
– Encerramento