Prefeito prestigia missa em memória de Gervásio Maia

Por - em 31

O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) participou da ‘Missa da Saudade’ organizada pelos familiares do ex-secretário de Finanças do município, Gervásio Maia, para marcar o sétimo dia de seu falecimento. A celebração aconteceu na Igreja Nossa Senhora de Fátima, no bairro do Miramar, e contou com a presença de amigos, políticos, secretários municipais e servidores públicos, que foram prestar homenagem ao economista, eleito por três vezes deputado estadual da Paraíba, presidindo a Casa de Epitácio Pessoa em uma delas.

Ricardo Coutinho destacou a contribuição de Gervásio Maia para a política do Estado e reiterou a sua decisiva participação nas ações implantadas pela atual administração. Por conta disso, ele falou sobre a homenagem que a gestão fará ao ex-secretário, mudando o nome do Residencial Parque Sul, que está sendo construído pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), que passará a ser chamado de Parque Residencial Gervásio Maia. A obra deve ser entregue até o final deste ano.

“Gervásio tem muita coisa a ver com essa obra. Quando a Prefeitura iniciou o projeto do parque habitacional, nós não tínhamos ainda o terreno para construir as casas. Ele que negociou a compra do terreno e sempre falava com muito entusiasmo sobre essa ação”, comentou. Para Ricardo, entretanto, essa é apenas uma singela homenagem que o governo faz diante das importantes contribuições que o ex-secretário prestou ao serviço público da Capital.

O ex-secretário de Finanças faleceu no último sábado (18), vítima de um ataque cardíaco. Gervásio Maia ocupava o cargo desde o início da atual gestão e, juntamente com o prefeito da Capital, foi responsável pelo equilíbrio das contas da Prefeitura em apenas dois meses de trabalho. Até hoje a PMJP mantém o pagamento em dia dos salários dos servidores e diversos compromissos, além de poder fazer investimentos com recursos próprios e obter crédito junto às mais diversas instituições.

Residencial – As 1.336 casas em construção são destinadas à transferência dos atuais moradores de acampamentos existentes na cidade. Cada residência possui sala de estar e jantar, cozinha, banheiro e dois quartos. O local será dotado de equipamentos públicos como quatro Unidades de Saúde da Família (USFs), um Centro Referência de Educação Infantil (Crei), uma escola com dez salas de aula, um ginásio coberto e uma praça.

A execução da obra fica a cargo da Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab). O valor total do empreendimento está orçado em aproximadamente R$ 25 milhões, sendo que pelo menos R$ 8 milhões são provenientes da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) e o restante vem da contrapartida do Governo Federal.