Prefeitura abre programação do mês da Consciência Negra

Por - em 57

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por sua Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), abre nesta terça-feira (8), às 8h, as atividades alusivas ao mês da Consciência Negra, denominado’ Novembro Negro’, com a oficina de Identidade Negra e Cultura Afrobrasileira, no Centro de Referência da Cidadania (CRC) no bairro dos Bancários. Durante todo o mês, será realizada uma vasta programação com  atividades em bairros da cidade, pautada na discussão sobre o dia 20 de novembro e a promoção da igualdade racial na gestão municipal e na comunidade.

O evento é uma realização da diretoria de Organização Comunitária e Participação Popular (Dipop), através da Assessoria de Políticas Públicas para a Diversidade Humana. As comemorações alusivas ao dia da Consciência Negra na Prefeitura Municipal de João Pessoa tiveram início em 2005. Segundo explicações de Simone Cavalcante, da comissão organizadora, o mês da Consciência Negra, pretende entre outros pontos, visibilizar a contribuição e participação da população negra em todo Brasil.

“Neste sentido, refletir também sobre as relações etnicorraciais, da promoção da igualdade racial e fortalecimento das práticas anti-racistas na perspectiva de construção de uma cultura de paz e respeito à diversidade étnica em nosso país e na nossa cidade”, definiu.

 

Ele lembra ainda, que o evento tem como objetivo, a promoção de atividades que reconheçam a cultura e identidade afrobrasileira presentes na sociedade brasileira, além de fortalecer as práticas anti-racistas para promoção da igualdade racial em toda sociedade e identificar e reconhecer a diversidade étnica na perspectiva de desconstrução de estereótipos em relação a população negra.

Outro ponto de grande importância da programação do Novembro Negro, citado pela assessora, é com relação a promoção de espaços de diálogos entre poder público e sociedade civil organizada, através da participação dos movimentos negros existentes e atuantes na cidade. “Buscamos políticas públicas mais efetivas na saúde, na educação e no desenvolvimento social, principalmente, que contemple de fato e de direito a população negra da nossa cidade e do nosso país, considerando inclusive que o povo negro constitui a maioria da população brasileira, segundo dados recentes do IBGE”, destacou.

O evento tem encerramento previsto no dia 30 deste mês, com a realização do III Seminário Mulheres de Terreiro, com o tema: Violência de Gênero nas Religiões Afrobrasileiras, no Hotel Imperial, em Tambau.

 

Serviço:

Programação

08 A 30/11 – Oficinas de Identidade Negra e Cultura Afrobrasileira

Dança e Cultura Afrobrasileira

08/11 – CRC Bancários (manhã)

16/11 – CRC Mandacarú (tarde)

17/11 – Casa de Cultura Iaó – Gramame (tarde)

21/11 – Comunidade Quilombola Paratibe (manhã)

23/11 – CRJ Valentina (manhã)

24/11 – CRJ Valentina (manhã)

25/11 – CRJ Valentina (manhã)

26/11 – Circuito das Praças – Valentina (noite) – “Kizomba Jovem”

29/11 – Comunidade Quilombola Gurugi (manhã)

Estética e Cultura Afrobrasileira

09/11 – CRC Cruz das Armas (tarde)

10/11 – CRC Cristo (tarde)

16/11 – CRC Funcionários II (tarde)

17/11 – CRC Jardim Veneza (tarde)

19/11 – Casa de Cultura Iaó – Gramame (manhã)

23/11 – CRC Mangabeira (tarde)

24/11 – Comunidade Quilombola Gurugi (manhã)

25/11 – CRC Costa e Silva (manhã)

25/11 – CRJ Valentina (noite)

26/11 – Comunidade Quilombola Paratibe (manhã)

29/11 – CRC Valentina (manhã)

30/11 – Centro Intergeracional (manhã)

Identidade Negra e Cultura Afrobrasileira

16/11 – CRC Róger (tarde)

21/11 – Escola Municipal Dom Helder Câmara – Valentina (tarde)

22/11 – CRC Ipês (manhã)

23/11 –Escola CPDC – Valentina (tarde)

24/11 – Casa de Cultura Iaó – Gramame (tarde)

25/11 – Escola Municipal Antonia do Socorro Silva Machado – Paratibe (tarde)

30/11 – Comunidade Quilombola Gurugi (manhã)

07 a 25/11 – Curso: Mulheres de Comunidades Tradicionais de Terreiro Multiplicadoras em Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos – “Mulheres de Ilerá”. Local: Centro de Capacitação de Professores (Cecapro), Beira Rio.

19 /11 – XI Encontro da Religião dos Orixás – ERO. Local: Cecapro, Beira Rio – 8h às 17h.

25/11 – “Sexta Negra” no Som das 6’. Local: Ponto de Cem Réis.

25/11 – Ação de Enfrentamento ao Racismo no Setor Privado. Local: Lagoa – 8h às 12h e Ponto de Cem Réis – 12h às 17h.

30/11 – III Seminário Mulheres de Terreiro – Tema: Violência de Gênero nas Religiões Afrobrasileiras. Local – Hotel Imperial (Tambaú) Horário – 14h. Conferencista: Nilza Menezes Lino Lagos (historiadora e autora do livro “Arreda Homem que ai vem Mulher” (representações de gênero nas manifestações da Pombagira).

Outras ações:

05/11 – II Seminário de Difusão das Religiões de Matriz Africana do Estado da Paraíba. Local: Cecapro, Beira Rio – 8h às17h.

06/11 – II Caminhada pela liberdade religiosa e resistência jurema, umbanda e candomblé da Paraíba – Busto de Tamandaré (saída 8h) para praça de Iemanjá – Ponta do Seixas (chegada).

03 a 06/11 – VII Congresso de Mulheres Capoeiristas – Local: Centro Cultural Piollin.

13/11 e 20/11 – Cerimônia de batismo da bateria, tambor mestre e do orixá do maracatu – Nação Maracatú Pé de Elefante. Local: Templo Religioso Ilê Axé Xangô Agodô – 17h – Mangabeira (próximo a Praça do Coqueiral).

20/11 – Dia da Consciência Negra no Rangel (palestras, exibição de vídeo e apresentação cultural). Local: Praça da Amizade – Valentina.