Prefeitura abre vagas para instrutores de música e dança

Por - em 54

A Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), abre vagas para contratação de instrutores de música e dança para atuarem junto às bandas escolares das unidades de ensino da rede municipal. Os pré-requisitos para os dois cargos são: ter o ensino médio completo e a comprovação de um ano de experiência na área pleiteada. Serão disponibilizadas 13 vagas para instrutores de música e outras 13 para instrutores de dança.

O processo seletivo será composto de quatro etapas para as vagas destinadas aos instrutores de música e de três etapas para aquelas destinadas aos instrutores de dança. A carga horária será de 40 horas semanais para os dois cargos. Das vagas existentes, 5% serão reservadas às pessoas portadoras de deficiência, nos termos da Lei nº 5.484/92. A remuneração é de R$ 510, mais o cartão de transporte.

O período de inscrições tem início nesta segunda-feira (25) e os interessados devem se dirigir até a Coordenação de Bandas Escolares, localizada na Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa, no Centro Administrativo Municipal (CAM), no bairro de Água Fria, das 8h às 12h, e das 14h às 17h. O prazo para inscrições termina no dia 02 de fevereiro. Quem for participar do processo seletivo deverá preencher ficha de inscrição e na ocasião receberá ainda um informativo com o cronograma das etapas e o horário das provas. A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa leva a Educação Musical desde a creche até o ensino fundamental II permitindo que todas as crianças tenham acesso às atividades de musicalização.

Dentre as ações desenvolvidas pela Coordenação de Bandas Escolares estão: a Pedagogia da Música que vem sendo desenvolvida em 40 creches, atendendo cerca de 1.800 crianças; as 37 bandas escolares (com a formação atual de mais 13 novas bandas); a dança coreográfica, e ainda aulas de violão, flauta doce e canto coral nas escolas.

Em 2009, o município fez um investimento de aproximadamente R$ 1.400.000 em instrumentos e mais R$ 180 mil em uniformes e calçados e R$ 16 mil em curso de capacitação para instrutores. Atualmente, mais de 7 mil crianças são atendidas pelo projeto.