Prefeitura anuncia pacote de ações de lazer e cultura para João Pessoa

Por - em 94

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), apresentou nesta segunda-feira (13) um pacote de ações para a Capital que promete proporcionar lazer e cultura de qualidade ao público pessoense, como também incentivar os artistas da terra. O anúncio do Pacote Cultural foi feito pelo prefeito Luciano Agra e o diretor executivo da Funjope, Lúcio Vilar, durante solenidade no Teatro do Sesi, no Centro, com a presença de jornalistas, escritores, cineastas, artistas e produtores culturais.

Segundo o prefeito, as ações apresentadas neste mês de aniversário da cidade têm como pilares o incentivo e o apoio às produções culturais em suas mais diversas manifestações. ‘Estamos trazendo aos produtores e ao público pessoense projetos e atividades nas áreas de literatura, cinema, música, fotografia, artes plásticas e a abertura de novos editais de fomento”, ressaltou Agra.

Novidade – Uma das ações anunciadas pela PMJP é o lançamento do 1º Edital de Longa e Curta-Metragem Walfredo Rodriguez, que deverá acontecer ainda este mês. O investimento chega a cerca de R$ 1 milhão, destinado à produção de dois longas-metragens e 12 curtas. Para o cineasta e professor universitário Bertrand Lira, o anúncio foi algo fantástico, há muito tempo esperado pela classe artística. “Será a primeira vez que teremos um edital para a produção de longa-metragem. Isso vai contemplar cineastas que não puderam realizar seus projetos antes”, comemorou.

A Funjope deverá lançar também o edital para 20 Pontos de Cultura, segundo Lúcio Vilar. “Para o projeto, serão disponibilizados R$ 3,6 milhões, que promete dar um grande impulso no panorama da cultura pessoense”, disse ele, acrescentando que o edital será disponibilizado ainda em agosto, trazendo os critérios de participação na seleção.

Outra novidade também para este mês é a retomada do Salão de Artes Plásticas de João Pessoa (Samap). O edital para a participação no evento será lançado na próxima sexta-feira (17).

Homenagens – Agosto também terá como destaque a celebração do centenário do “Eu”, obra do poeta paraibano Augusto dos Anjos. O evento, de abrangência nacional, será o “Augusto das Letras”, que acontece de 24 a 31 deste mês. Ainda dentro das comemorações, está o Prêmio Vídeo Poemas, cujas inscrições, abertas para todo o território brasileiro, estarão abertas até outubro. A Funjope também está articulando parcerias para a revitalização da Galeria Augusto dos Anjos, localizada no Centro da Capital.

A valorização de personalidades importantes da nossa cultura passa pelo intercâmbio com a Cinemateca Brasileira para repatriar registros cinematográficos do paraibano Walfredo Rodriguez, responsável pela captação das primeiras imagens em movimento de João Pessoa, em meados da década de 20.

A ideia, de acordo com Lúcio, é criar o Museu Walfredo Rodrigues, para que os pessoenses tenham acesso a produções do cineasta responsável pelo primeiro longa-metragem feito na Paraíba, intitulado “Sob o Céu Nordestino”, em 1929. Na mesma linha, serão inaugurados, em setembro, monumentos em homenagem ao compositor Genival Macedo, autor de “Meu Sublime Torrão”, e a Jackson do Pandeiro.

Imagem e som – Entre as ações anunciadas, para o próximo mês, também estão programados o evento “Setembro Fotográfico”, que já se consolidou no calendário cultural da cidade. Haverá ainda a participação de João Pessoa na Mostra Internacional de Música (Mimo), evento que reúne personalidades da música instrumental e será sediado em igrejas e no Theatro Santa Roza.

No próximo mês, a Funjope também mantém o seu projeto “Cine Municipal”, que leva cinema gratuito aos servidores municipais e é aberto ao público em geral. Desta vez, a participação será da diretora Ana Riper, com o filme ambientado no Nordeste “Vou Rifar Meu Coração” (2011).

Nas próximas semanas, a PMJP também deverá instalar a “Sala Funjope”, que funcionará na sede da Fundação, com capacidade para receber até 200 pessoas. O novo espaço deverá ser utilizado principalmente para a criação de dois novos projetos em estudo. O primeiro, o “Cine Criança”, dedicado a exibir sessões com filmes infantis; e o segundo, “Gente de Palavras”, que promete trazer nomes da cultura brasileira para seminários e debates com o público pessoense.

Virada Cultural – E as ações anunciadas nesta segunda não param por aí. De 28 a 29 de novembro, João Pessoa sediará a “Primeira Virada Cultural JP”, promovendo 24 horas de programação ininterrupta; um evento bastante esperado pelo movimento cultural e que deverá proporcionar cultura, arte e cidadania para a população.

Projetos – Para este ano, a Prefeitura de João Pessoa, por meio da Funjope, também estuda implementar dois grandes projetos. Um deles é o “Empreender Cultural”, que deverá criar uma linha de crédito para os produtores culturais com foco profissionalizante, e ainda a implantação do Projeto “Anima-Doc-JP”, programa de formação audiovisual que está em análise por parte do Ministério da Cultura (MinC).