Prefeitura arrecada frascos para doação de leite humano

Por - em 174

Combater a mortalidade infantil e proporcionar aos recém-nascidos um crescimento e desenvolvimento saudáveis. Este é um dos objetivos do Banco de Leite Zilda Arns, que está realizando uma campanha para doação de vidros para coleta de leite humano. A ação é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com Raquel Torres, coordenadora do Banco de Leite Humano Dra. Zilda Arns, o frasco é um dos elementos essenciais no momento da ordenha da doadora, pois neles é armazenado o leite durante todo o processo. “O leite fica acondicionado no frasco desde o momento da coleta. A mãe faz a ordenha, passando pelo controle de qualidade, classificação, pasteurização, armazenamento e distribuição. O leite fica no recipiente o tempo todo e, por isso, eles são indispensáveis. Estamos com um quantitativo pequeno de frascos e precisamos da ajuda da população para que o serviço continue sendo feito”, explicou.

Os frascos utilizados como embalagem para Leite Humano Ordenhado (LHO) devem ser de vidro, boca larga, tampa plástica rosqueável, com volume de 50 ml a 500 ml, previamente testado e esterilizável. A média é de 90 doadoras mensais de leite.

“Arrecadar frascos de vidros é uma estratégia inteligente, de baixo custo e ecologicamente aprovada, pois os vidros de café solúvel e maionese seguem as normas e pré-requisitos da Anvisa e Fiocruz para vidros de coleta de leite humano, além de contribuir com a natureza no que diz respeito à diminuição de lixo”, complementou Raquel.

Para doação dos frascos de vidro com tampas de plástico rosqueáveis é necessário entrar em contato com o Banco de Leite, localizado no Instituto Cândida Vargas (ICV), através do telefone 3015-1555.

Banco de Leite Humano (BLH) – É um serviço especializado com a função de incentivar e proteger o aleitamento materno através da coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição do leite humano.

Em João Pessoa, o Banco de Leite Humano Dra. Zilda Arns está situado no Instituto Cândida Vargas e, em média, consome dois litros e meio de leite humano pasteurizado por dia, além de estimular as genitoras que estão internas na Instituição a darem o próprio leite ao seu filho.

O público alvo são os recém-nascidos prematuros, de baixo peso e que estão internados em Unidades de Terapia Intensiva, Unidades de Cuidados Intermediários, Método Canguru e Alojamentos Conjuntos com razão médica aceitável.