Prefeitura assina nesta segunda Termo de Cooperação com IPHAN

Por - em 13

O prefeito Luciano Agra assina nesta segunda-feira (31), às 16h, o Termo de Cooperação Técnica com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que visa desenvolver ações conjuntas na área de educação patrimonial na rede de ensino. Na ocasião, o IPHAN será representado pela sua superintendente regional, Eliane de Castro Machado.

A solenidade acontece na sala de reuniões no 2° andar do Paço Municipal, no Centro da Capital, e vai contar com as presenças de Márcia Rollemberg, que é diretora do Departamento de articulação e fomento do IPHAN, e da Coordenadoria de Patrimônio Cultural (Copac) e Secretaria de Educação (Sedec). A proposta dessa parceria é fortalecer o estudo do tema em sala de aula, garantindo os direitos culturais a todos e o acesso as fontes da cultura nacional.

A partir do pacto, as entidades envolvidas ficam responsáveis em produzir material didático-pedagógico; promover seminários, cursos e debates voltados ao tema; disponibilizar recursos para o projeto; promover o intercâmbio de informações e documentos técnicos, entre outras ações conjuntas em prol do desenvolvimento da educação patrimonial nas escolas e também para a população. O Termo entra em vigor na data de sua assinatura e ficará vigente por tempo indeterminado.

O ‘Programa de Educação Patrimonial João Pessoa Minha Cidade’ tem como proposta fazer com que os alunos da rede pública municipal, valorizem e reconheçam o patrimônio cultural, material e imaterial da capital. Segundo o coordenador de Patrimônio Cultural da PMJP, Fernando Moura, a assinatura desse Termo é o primeiro passo para a realização do 1º Fórum Nacional de Educação Patrimonial, promovido em parceria com o IPHAN, que irá acontecer em novembro na Capital. O patrimônio cultural não é apenas o Centro Histórico. O mercado de um bairro é um patrimônio cultural. Queremos mostrar que esse pertencimento deve se fortalecer independente de idade, ressaltou.

Na ocasião, a Prefeitura vai entregar a cada um dos 92 diretores das escolas municipais os kits referentes a promoção da educação patrimonial. Os kits, que serão utilizados durante as atividades em sala de aula nas diferentes disciplinas, são compostos por jogos da memória, folders, livros da coleção João Pessoas, além de outras publicações sobre patrimônio cultural. O jogo da memória, por exemplo, utiliza 20 imagens representativas do patrimônio cultural de João Pessoa, a exemplo da Lagoa, Ponto de Cem Réis, Artesanato e a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. Os demais materiais educativos serão produzidos e entregues nas escolas no segundo semestre deste ano.