Prefeitura capacita merendeiras da rede municipal de educação

Por - em 93

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), está promovendo a capacitação de mais de 400 merendeiras das escolas da rede municipal de ensino que começam a trabalhar na próxima segunda-feira (6), quando tem início o ano letivo. O treinamento acontece no auditório do Centro de Capacitação de Professores Luiz Alberto Coutinho (Cecapro), localizado na Avenida Beira Rio.

O objetivo do treinamento, que acontece até a tarde desta sexta-feira (3), é melhorar a manipulação com os alimentos, além de dicas de higiene pessoal e de utensílios. As merendeiras também assistiram a palestras sobre o que é alimentação saudável, como evitar a proliferação de microorganismo, armazenamento correto nos freezers, geladeiras e dispensas.

“Essas explicações que estamos tendo são muito importantes porque nossa responsabilidade é grande. Lidamos com os alimentos que os alunos irão consumir diariamente”, disse a merendeira Aniely Venâncio.

As palestras estão sendo proferidas pelas nutricionistas Anne Helga Pinheiro e Elvira Chaves de Lima. Para elas, todas as merendeiras entenderam o objetivo da PMJP em se preocupar com a qualidade da merenda escolar. “Elas estão atentas a cada tema. É bom saber que estão comprometidas e querem continuar fazendo um trabalho de qualidade”.

Serão servidas em média 60 mil refeições diárias para as escolas e 17 mil por dia para os Centros de Referência em Educação Infantil (Creis). No ano de 2011, a rede municipal de ensino tinha cinco nutricionistas e este ano já são 12. Em cada escola tem também uma supervisora de merenda.

Os alunos do Programa Mais Educação, que funciona em 84 das 95 escolas da rede, também serão atendidos com almoço todos os dias de atividades. Os alunos matriculados nas 12 escolas em tempo integral terão direito a três refeições diárias.

Cardápio – Elaborados de acordo com as necessidades nutricionais e respeitando os hábitos alimentares da região, os cardápios são compostos de frutas in natura, sucos, salada de frutas, preparações regionais como cuscuz com ovo, baião de dois, macaxeira, batata doce, mugunzá, além de cachorro quente, sanduíche com queijo e iogurte com biscoito. Também são servidos cardápios especiais para alunos portadores de patologia com a apresentação do laudo médico (diabetes, hipertensão, doença celíaca e intolerância a lactose).

São 40 opções de cardápios que se alternam a cada 20 dias e que têm a elaboração de nutricionistas, supervisoras e merendeiras que compõem o quadro de profissionais da alimentação escolar da Sedec.