PMJP celebra ações de preservação ambiental no Dia Mundial da Água

Por - em 52

Nesta quinta-feira (22) comemora-se mundialmente o Dia da Água, elemento fundamental para a existência de vida no planeta. A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), criou em 2010 o Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, com o objetivo de preservar e recuperar os recursos hídricos existentes na Capital.

Segundo Lígia Tavares, secretária de Meio Ambiente, a medida é imprescindível para manter a qualidade da água na cidade. “João Pessoa saiu na frente como a primeira cidade brasileira a elaborar esse plano. Foram mapeados os rios e remanescentes de Mata Atlântica da cidade e toda a política ambiental foi planejada a partir disso, incluindo aí as ações de fiscalização das nascentes dos rios”, explicou.

Desde então, a Semam tem realizado um trabalho constante de preservação das áreas verdes e das nascentes dos principais rios que cortam a cidade de João Pessoa. De acordo com Elimar Maria, chefe da Divisão de Áreas Protegidas, foram desenvolvidas políticas públicas para áreas protegidas urbanas. “Nós estamos cercando fragmentos de mata atlântica existentes, que possuem recursos hídricos e realizando a limpeza das nascentes dos rios nesses locais, além de mobilizar a população com um trabalho educativo para mudar o comportamento e postura das pessoas que moram no entorno das nascentes, contra a poluição e degradação do ambiente”, revelou.

Áreas protegidas – Na semana passada, a Semam realizou atividades de fiscalização e preservação na nascente do Rio Cuiá, que fica no bairro do Grotão. Elimar Maria disse que as equipes realizaram a limpeza e retiraram desembocaduras de esgotos do rio. “Nos próximos dias vamos cercar a área para conservar os recursos hídricos locais”, lembrou.

Ela afirmou que a qualidade da água está diretamente ligada ao bem-estar do homem. “Uma cidade planejada e sustentável é aquela que ordena e conserva espaços determinantes para o desenvolvimento como o meio ambiente”, frisou e destacou que o trabalho de preservação evita maiores transtornos para a população. “Com a limpeza dos rios e meio ambiente, evitamos os alagamentos causados pelas chuvas, por exemplo”, citou.

Os rios Jaguaribe, Cabelo, Aratu, Mumbaba e Sanhauá já foram contemplados com o plano de ações.

Educação nas Escolas – O projeto também prevê atividades educativas nas escolas municipais que estão situadas próximas às áreas de preservação. “Está sendo desenvolvido nas escolas o projeto ‘Meio Ambiente em Cena’, no qual são exibidos pequenos vídeos sobre questões ambientais, desmatamento, preservação, importância e muito mais. As crianças e jovens são os nossos principais focos”, comentou.

Multas e Notificações – Em 2011, foram realizadas 59 notificações para pessoas físicas e empresas que estavam causando algum dano aos rios e ao meio ambiente. Já 22 foram multados pelo mesmo motivo.

Dia Mundial da Água – O Dia Mundial da Água foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992 para incentivar discussões sobre os diversos temas relacionados a este importante bem natural. Neste mesmo ano, foi também elaborada a “Declaração Universal dos Direitos da Água”, com uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

Cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo) e grande parte das fontes (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem – uma situação preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial.