Prefeitura começa campanha para manter a limpeza da orla

Por - em 42

A Prefeitura de João Pessoa começou neste último fim de semana a campanha “Cidade Limpeza, Verão Beleza – Ano III”, desenvolvida pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur). A ação tem caráter educativo e busca conscientizar banhistas, turistas e frequentadores da orla marítima da Capital sobre o acondicionamento correto do lixo na hora do lazer.

São 50 profissionais, entre educadores ambientais, técnicos e fiscais, trabalhando durante cinco finais de semana com ações em locais estratégicos nas praias e nas principais vias de acesso à orla. A campanha vai ser realizada até o dia 6 de fevereiro ao longo da orla e no Terminal de Integração.

Uma movimentada solenidade marcou o lançamento “Cidade Limpeza, Verão Beleza – Ano III, no sábado (8), em frente ao Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú e contou com a participação do prefeito Luciano Agra.

O evento chamou a atenção dos banhistas que passavam pelo Busto. Eles pararam para conhecer a campanha e aprovaram a forma como a Emlur vem atuando na sensibilização dos banhistas para manter a orla limpa. No stand montado, a população teve acesso a sacolinhas biodegradáveis, ao sabão ecológico feito a partir do resto de óleo de cozinha, panfletos explicativos e uma maquete mostrando os pontos onde as tendas de apoio vão ser instaladas nos próximos cinco domingos.

O prefeito Luciano Agra comentou a importância de atividades educativas nesse período de grande fluxo de turistas na Capital. “Nós estamos em um período de população flutuante, e essa ação vem de encontro aos nossos moradores, mas também aos que visitam João Pessoa”, frisou o prefeito. “Educação é fundamental e quando se trata de limpeza urbana mais ainda”, concluiu Luciano Agra, lembrando de outros projetos desenvolvidos pela Emlur que já buscam um maior envolvimento da sociedade, como a Coleta Seletiva e os Ecopontos.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, fez questão de ressaltar a importância da articulação com várias secretarias para o sucesso desta ação que busca a conscientização da população e daqueles que visitam a cidade. “Sejam os pessoenses ou os turistas, todos têm que tratar bem as nossas praias.Temos feito muito, trabalhando na limpeza da orla com equipes nos três turnos e, ao mesmo tempo, disponibilizando coletores por todo o calçadão e nas praias”, destacou o superintendente.

Pontos de apoio – Além do ponto central, que funciona na tenda armada na divisa dos bairros de Tambaú e Cabo Branco, outros dois pontos de apoio estão montados próximo ao antigo Bar Peixe Elétrico, no Bessa, e no Adro da Igreja de Nossa Senhora da Penha, na praia do mesmo nome. As equipes começaram a percorrer a beira-mar neste domingo (9) e nos sinais de trânsito distribuindo sacolas ecológicas de praia e de câmbio, produzidas em material biodegradável.

Tanto na beira-mar quanto nos veículos, os profissionais passam informações sobre a forma correta de se acondicionar o lixo durante os momentos de lazer na praia e os impactos ambientais que ocorrer se isso não for feito. A meta deste ano é entregar 70 mil sacolas de praia as banhistas e 30 mil de câmbio aos motoristas.

O aposentado Francisco Thomas, 68, foi um dos primeiros a receber uma das sacolas ecológicas. Ele mora no Rio de Janeiro e escolheu João Pessoa para passar alguns dias enquanto termina a edição de seu livro. “O importante é deixar plantada na cabeça das pessoas a necessidade de manter essas belas praias livres de sujeira”, afirmou.

De acordo com o diretor de operações, Francisco Lucas, 40 toneladas de resíduos sólidos (lixo) são recolhidas só na orla marítima. Com a chegada do verão essa quantidade aumenta devido ao grande fluxo de turistas na cidade chegado a aproximadamente 50 toneladas de lixo.