Prefeitura constrói a segunda Cozinha de Inclusão no Jardim Veneza

Por - em 18

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está construindo a segunda Unidade de Inclusão Produtiva de Alimentos, no bairro Jardim Veneza. A previsão é que as obras –orçadas em R$ 105 mil – sejam concluídas até o final deste mês. O projeto está sendo desenvolvido em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e vai gerar emprego e renda para mulheres de baixa renda que moram na área. A primeira Cozinha de Inclusão Produtiva (como também é conhecida) funciona desde abril em Muçumagro.

O diretor de Trabalho, Renda e Economia Solidária da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), Ronildo Monteiro, explicou que inicialmente o equipamento vai absorver 30 mulheres, que estão concluindo uma capacitação específica para iniciar as atividades na unidade, através de cursos do Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Elas vêm recebendo orientação sobre manipulação e aproveitamento de alimentos, culinária básica e noções de empreendedorismo.

Incubadora de grupos – “O objetivo desse projeto é dar condições para que essas mulheres – num prazo médio de um ano e meio – tenham condições de montar seus próprios negócios, deixando o espaço da unidade para outro grupo. É um projeto de incubação de grupos de produção, que recebem todo o suporte técnico, qualificação e gêneros alimentícios para produzir e comercializar alimentos e se tornarem autônomos”, disse Ronildo.

A Cozinha de Inclusão Produtiva do Jardim Veneza (que está sendo construída na comunidade Vieira Diniz) terá uma área de 116,54 metros quadrados, com hall de entrada, recepção, refeitório, cozinha, despensa e banheiros. O terreno, com 400 metros quadrados, terá uma área destinada à produção de hortaliças. Além do investimento de R$ 105 mil (recursos próprios do Município) utilizados na construção do prédio, o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) está liberando R$ 25 mil, que serão usados na compra de equipamentos e gêneros alimentícios.

Critérios e resultados – Um dos critérios para a escolha das mulheres envolvidas no projeto é que seus filhos estejam inseridos no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). A prioridade é dada sem emprego ou renda. Em Muçumagro, 13 mulheres já estão produzindo 50 refeições diárias (almoço popular e quentinhas) desde o mês de abril, que são comercializadas na própria unidade (Rua do Cedro, 181).